A PEDAGOGIA FROEBELIANA E A EDUCAÇÃO INFANTIL: PERMANÊNCIA E MUDANÇA

Autores

  • Josiele Aparecida Lopes UNICENTRO/I
  • Nájela Tavares Ujiie UNESPAR/UV

Palavras-chave:

Froebel, Educação Infantil, pedagogia froebeliana, concepções.

Resumo

O presente artigo se propõe a traçar um panorama comparativo entre a Pedagogia de Froebel e as concepções de Educação Infantil na atualidade, permitindo desvelar mudanças e permanências metodológicas e teóricas influenciados por ele em nossas instituições. Para tanto, nos utilizamos de uma pesquisa teórica de cunho bibliográfico, buscando explicitar as concepções froebelianas, o contexto de sua vida e obra, além de aproximações de sua teoria com a atualidade da Educação Infantil, entendendo este processo analítico deste clássico da educação da infância, como de suma importância para melhoria da qualidade da educação infantil e das pesquisas sobre a temática. Enquanto aspectos conclusivos compreendemos as contribuições da Pedagogia de Froebel ao atendimento da infância hoje, como também as críticas direcionadas à sua teoria/metodologia e ponderamos que é importante analisar o passado criticamente de forma a perceber permanências e mudanças, as quais nos fazem entender o presente, buscando planejar e replanejar o futuro.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Josiele Aparecida Lopes, UNICENTRO/I

Pedagoga e Especialista em Educação Infantil pela Universidade Estadual do Centro-Oeste, Campus de Irati-PR (UNICENTRO/I).

Downloads

Publicado

2015-05-13

Como Citar

Lopes, J. A., & Ujiie, N. T. (2015). A PEDAGOGIA FROEBELIANA E A EDUCAÇÃO INFANTIL: PERMANÊNCIA E MUDANÇA. Colloquium Humanarum. ISSN: 1809-8207, 11(1), 57–70. Recuperado de https://journal.unoeste.br/index.php/ch/article/view/1020