A ATIVIDADE LÚDICA COMO CONTEÚDO DA EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR E SUAS CONTRIBUIÇÕES PARA O DESENVOLVIMENTO INFANTIL: UMA ANÁLISE DO CURRÍCULO MUNICIPAL DE PRESIDENTE PRUDENTE

Autores

  • Mariana Marques Vitorino Universidade Estadual de MaringáUniversidade Estadual de Maringá
  • Rodrigo Lima Nunes Universidade Estadual de Maringá, Departamento de Ciências do Movimento Humano https://orcid.org/0000-0002-5784-0081
  • Cíntia Regina de Fátima UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA JÚLIO DE MESQUITA FILHO – UNESP https://orcid.org/0000-0001-7044-262X

Palavras-chave:

Lúdico, Desenvolvimento infantil, Educação física, Psicologia Histórico-cultural, Pedagogia Histórico-crítica

Resumo

O presente estudo teve por objetivo investigar os aspectos lúdicos, representados pelos jogos e brincadeiras, e sua relação com o processo de ensino, aprendizagem e desenvolvimento da criança em idade pré-escolar, a partir da análise do novo currículo municipal da cidade de Presidente Prudente. A pesquisa fundamentou-se nos pressupostos epistemológicos e metodológicos do método materialista histórico-dialético, utilizando como procedimento de pesquisa a análise do documenta, no que se refere à parte direcionada à Educação Infantil, mais especificamente o campo de experiência ´corpo, gestos e movimentos’. Com base nos pressupostos da Pedagogia Histórico-Crítica e da Psicologia Histórico-cultural, ressaltamos a importância das atividades lúdicas para o desenvolvimento infantil e o processo de ensino-aprendizagem de crianças que se encontram na educação infantil, fato que justifica a análise da utilização do lúdico nas práticas pedagógicas realizadas nesta etapa da educação básica. Por meio da análise do currículo, emergiu os seguintes eixos temáticos: Cultura Corporal como meio de desenvolvimento cognitivo no período pré-escolar; a importância do jogo de papéis sociais para o desenvolvimento da criança em idade pré-escolar; as fases do jogo e da brincadeira no processo de ensino-aprendizagem; o lúdico e suas peculiaridades quanto à contribuição no desenvolvimento psíquico no período pré-escolar. Após a analisá-los, destacamos que o currículo contém um vasto conjunto de conhecimentos que, quando utilizados como ferramenta pedagógica, podem contribuir significativamente para o desenvolvimento da criança. Isso demonstra a importância e o valor desse documento para o processo de ensino-aprendizagem-desenvolvimento dos estudantes da rede municipal de ensino de Presidente Prudente.

Downloads

Os dados de download ainda não estão disponíveis.

Biografia do Autor

  • Mariana Marques Vitorino, Universidade Estadual de MaringáUniversidade Estadual de Maringá

    Graduada em Licenciatura em Educação Física pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2023), campus de Presidente Prudente. Bolsista pelo programa Residência Pedagógica (2021), financiado pela CAPES. Área de estudos e atuação contempla a Educação Física Escolar, com ênfase no desenvolvimento psicossocial infantil por meio do lúdico, com base na Psicologia Histórico-Cultural e na Pedagogia Histórico-Critica. Membra do Grupo de Estudos, Intervenção e Pesquisa em Educação Escolar e Teoria Histórico-Cultural (GEIPEEthc/UNESP)

  • Rodrigo Lima Nunes, Universidade Estadual de Maringá, Departamento de Ciências do Movimento Humano

    Doutor em Educação pelo programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP), Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT), campus de Presidente Prudente-SP (2019). Mestre em Educação pelo mesmo programa (2013) (financiamento da FAPESP), com formação inicial em Educação Física (licenciatura) também pela Faculdade de Ciências e Tecnologia (UNESP-Presidente Prudente-SP) (2010). Realizou Doutorado Sanduíche (financiamento da CAPES - Bolsa PDSE) na Cardiff Metropolitan University - País de Gales/Reino Unido (segundo semestre de 2017). Atualmente é docente na Universidade Estadual de Maringá (UEM) - Campus Regional do Vale do Ivaí, lotado junto ao Departamento de Ciências do Movimento Humano (DMO). Co-líder e pesquisador do Grupo de Estudos, Intervenção e Pesquisa em Educação Escolar e Teoria Histórico-Cultural (GEIPEEthc/UNESP). Pesquisador do grupo Estado, Políticas Educacionais e Formação de Professores/as (EPEFOP/UEM/CRV). Seus estudos e atuação se concentram nas áreas de Educação, Psicologia da Educação e Educação Física Escolar, com ênfase nos seguintes temas: Educação Escolar; Educação Infantil; Desenvolvimento humano; Práticas Pedagógicas na Educação de crianças; Brincadeira e desenvolvimento infantil; Políticas Educacionais e Educação Física Escolar; Educação Física Escolar e Esportes; Implicações do fenômeno da alienação no contexto escolar; Desenvolvimento da Consciência Infantil; Fundamentos e Práticas do Ensino da Educação Física na Escola.

  • Cíntia Regina de Fátima, UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA JÚLIO DE MESQUITA FILHO – UNESP

    Licenciada em Educação Física (UFVJM) e Pedagogia (Centro Universitário Claretiano). Doutora e Mestra em Educação: Psicologia da Educação (PUC/SP). Pos-doutoramento em Educação (UNESP-Presidente Prudente)

Referências

AYOUB, E. Narrando experiências com a Educação Física na Educação Infantil. Revista Brasileira de Ciências do Esporte, Campinas, v. 26, n. 3, 2005, p. 143-158. Disponível em: http://www.rbceonline.org.br/revista/index.php/RBCE/article/viewArticle/165. Acesso: 16 mai 2011.

BRASIL. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Brasília: MEC/SEF, 1996.

BRASIL. Referencial Curricular Nacional para a Educação Infantil. Brasília: MEC/ SEF, 1998. V. I.

BRASIL. Ministério da Educação. Base Nacional Comum Curricular. Brasília: MEC, 2018.

CELLARD, A. A análise documental. In: POUPART, J. et al. A pesquisa qualitativa: enfoques epistemológicos e metodológicos. Petrópolis, Vozes, 2008.

ELKONIN, D. Desarrollo psíquico del niño desde el nacimiento hasta el ingreso en la escuela. IN: Psicologia, Editorial Grijalbo, México, 1969, P.504 – 522.

ELKONIN, D. Problemas psicológicos del juego em la edad escolar. In: SHUARE (org.). La Psicologia evolutiva e pedagógica em la URSS – Antologia. Moscou: Progresso, 1987.

EVANGELISTA, O.; SHIROMA, E. O. Subsídios teórico-Metodológicos para o trabalho com documentos de política educacional: Contribuições do marxismo. In: CÊA, G.; RUMMERT, S. M.; GONÇALVES, L. (orgs.). Trabalho e educação: interlocuções marxistas. Rio Grande: Ed. da FURG, 2019, p. 83-120.

FERREIRA, C. A. M. A Contribuição da atividade lúdica na construção do pensamento e da linguagem, numa perspectiva Sócio-Histórica. In: FERREIRA, C. A. M.(org.) Psicomotricidade da educação infantil a gerontologia: teoria e prática. São Paulo: Lovise, 2001, pp. 11-21.

LEONTIEV, A. R. O desenvolvimento do psiquismo. Lisboa: Horizonte, 1978.

LEONTIEV, A. R. Os princípios psicológicos da brincadeira pré-escolar. In: VIGOTSKII, L.S.; LURIA, A.R.; LEONTIEV, A. N. Linguagem, desenvolvimento e aprendizagem. São Paulo: Ícone, 1988a. P. 119-142.

LEONTIEV, A. R. Uma contribuição à teoria do desenvolvimento da psique infantil. In: VIGOTSKII, L. S.; LURIA, A. R.; LEONTIEV, A. N. Linguagem, desenvolvimento e aprendizagem. São Paulo: Ícone, 2006b. pp.59-83.

LEONTIEV, A. O desenvolvimento do psiquismo. Trad. Rubens Eduardo Frias. 2ª Ed. São Paulo: Centauro, 2004.

LEONTIEV, A. N. Os princípios Psicológicos da Brincadeira Pré-escolar. In: VIGOTSKI, L. S.; LURIA, A. R.; LEONTIEV, A. N. Linguagem, desenvolvimento e aprendizagem. São Paulo: Ícone, 2006a.

MARTINS, L. A brincadeira de papéis sociais e a formação da personalidade. São Paulo: Xamã Editora, 2006.

PAULO NETTO, J. Introdução ao Estudo do Método de Marx. São Paulo: Expressão Popular, 2011.

PRESIDENTE PRUDENTE. Currículo municipal de Presidente Prudente. Presidente Prudente, SP: Governo de Presidente Prudente, 2020.

ROSSLER, J. H. O papel da brincadeira de papéis sociais no desenvolvimento do psiquismo humano. In: ARCE, A.; DUARTE, N.; ROSSLER, J.H; (et al). Brincadeira de papéis sociais na educação infantil: as contribuições de Vigotski, Leontiev e Elkonin. São Paulo: Xamã, 2006, pp 51-63.

SAVIANI, D. Pedagogia Histórico-Crítica: Primeiras Aproximações. Campinas: Autores Associados, 2003.

TONET, I. Método científico: uma abordagem ontológica. São Paulo: Instituto Lukács, 2013.

VIGOTSKI, L. A formação social da mente. São Paulo: Martins Fontes, 1999.

Downloads

Publicado

2023-10-31

Como Citar

A ATIVIDADE LÚDICA COMO CONTEÚDO DA EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR E SUAS CONTRIBUIÇÕES PARA O DESENVOLVIMENTO INFANTIL: UMA ANÁLISE DO CURRÍCULO MUNICIPAL DE PRESIDENTE PRUDENTE. (2023). Colloquium Humanarum. ISSN: 1809-8207, 20(1), 401-417. https://journal.unoeste.br/index.php/ch/article/view/4704

Artigos Semelhantes

1-10 de 332

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.