IMAGINAÇÃO E PROTAGONISMO NA EDUCAÇÃO INFANTIL: CONSTRUÇÃO DE VÍNCULOS ENTRE ADULTOS E CRIANÇAS

Autores

  • Tony Aparecido Moreira UNESP-FCT
  • José Milton de Lima UNESP-FCT
  • Márcia Regina Canhoto de Lima UNESP-FCT
  • Denise Watanabe UNESP-FCT

Palavras-chave:

Imaginação, Culturas da Infância, Sociologia da Infância, Educação Infantil, Protagonismo.

Resumo

Esta investigação foi desenvolvida junto ao Programa de Pós Graduação em Educação da FCT/UNESP. O estudo foi realizado em duas instituições de Educação Infantil de dois municípios do estado de São Paulo e surgiu a partir de uma pesquisa-ação que comprovou a falta de valorização e compreensão do imaginário infantil pelas profissionais dessas instituições. O referencial teórico foi composto pela Sociologia da Infância e os estudos de Paul L. Harris. A investigação teve como objetivo principal a promoção de uma maior compreensão da linguagem imaginativa das crianças por parte dos sujeitos envolvidos e utilizou a investigação-ação como metodologia. Entre os resultados podemos destacar a produção de saberes sobre o imaginário infantil e a ampliação da experiência imaginativa das crianças participantes. Esperamos por meio deste estudo, motivar outras investigações e contribuir para que a educação para imaginação seja uma realidade permanente nas escolas e um compromisso de toda a sociedade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Como Citar

Moreira, T. A., Lima, J. M. de, Lima, M. R. C. de, & Watanabe, D. (2015). IMAGINAÇÃO E PROTAGONISMO NA EDUCAÇÃO INFANTIL: CONSTRUÇÃO DE VÍNCULOS ENTRE ADULTOS E CRIANÇAS. Colloquium Humanarum. ISSN: 1809-8207, 11(2), 114–132. Recuperado de https://journal.unoeste.br/index.php/ch/article/view/1187

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>