FORMAÇÃO DE LEITORES: REFLEXÕES SOBRE O TRABALHO DE UMA EQUIPE ESCOLAR

Autores

  • Ana Luzia Videira Parisotto Unoeste
  • Milene Guelssi Nochi Unoeste

Palavras-chave:

Palavras-chave, Ensino da leitura, formação do leitor, gestão escolar.

Resumo

Resumo: Sabemos que a tarefa de ensinar a ler com proficiência cabe, especialmente, à escola, sem, contudo, prescindir do apoio e participação da família. Dessa forma, a presente pesquisa tencionou verificar como a escola contribui para a formação de leitores, analisando como a equipe escolar age neste processo e o que pensa sobre o trabalho com leitura. Foi uma pesquisa qualitativa, com delineamento de estudo de caso. Foram sujeitos: a equipe de gestão, quatro professores, dentre os quais três atuantes em sala de aula e um readaptado, responsável pela biblioteca. Para o embasamento teórico, utilizamo-nos das concepções de leitura como produção de sentido e como função social concreta. De posse dos dados, procedemos às análises as quais revelaram a necessidade de reflexões, por parte da equipe escolar, em relação à sua prática.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ana Luzia Videira Parisotto, Unoeste

Docente do Programa de Pós-Graduação em Educação da Unoeste

Milene Guelssi Nochi, Unoeste

Discente do Programa de Pós-Graduação em Educação da Unoeste

Downloads

Publicado

2012-09-11

Como Citar

Parisotto, A. L. V., & Nochi, M. G. (2012). FORMAÇÃO DE LEITORES: REFLEXÕES SOBRE O TRABALHO DE UMA EQUIPE ESCOLAR. Colloquium Humanarum. ISSN: 1809-8207, 8(2), 47–56. Recuperado de https://journal.unoeste.br/index.php/ch/article/view/458