A RELAÇÃO FAMÍLIA E INSTITUIÇÕES DE EDUCAÇÃO INFANTIL: IMPLICAÇÕES SOBRE O ENSINO DE FAMÍLIA PARA AS CRIANÇAS PEQUENAS

Autores

  • Suélen Cristiane Marcos UNESP-FCT

Palavras-chave:

Família, Professores, Educação Infantil, Ensino. Crianças

Resumo

Este artigo é fruto de uma pesquisa de Mestrado que teve como objetivo geral avaliar as concepções de família presentes nos planos diretores de Instituições de Educação Infantil, para saber o que pensam os educadores sobre as famílias das crianças e se o valor que a elas atribuem interfere na relação família e instituições de Educação Infantil. Buscou-se também problematizar o papel da instituição de Educação Infantil enquanto um órgão socializador, formador de identidade, de opinião e transmissor de juízos de valor, no que diz respeito especificamente ao ensino de família. Optou-se por uma pesquisa qualitativa, e pelo uso da técnica de análise documental dos planos diretores de cinco instituições de Educação Infantil. Por meio dos resultados obtidos, especificamente sobre o ensino de família, constatou-se atividades que permitem a criança expressar a sua família vivida, contraditoriamente, atividades tradicionais, baseadas apenas na família nuclear, como a construção da árvore genealógica permanecem.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Como Citar

Marcos, S. C. (2015). A RELAÇÃO FAMÍLIA E INSTITUIÇÕES DE EDUCAÇÃO INFANTIL: IMPLICAÇÕES SOBRE O ENSINO DE FAMÍLIA PARA AS CRIANÇAS PEQUENAS. Colloquium Humanarum. ISSN: 1809-8207, 11(2), 35–44. Recuperado de https://journal.unoeste.br/index.php/ch/article/view/1181