O BRINCAR COMO INSTRUMENTO DE DESENVOLVIMENTO EMOCIONAL EM CASOS DE MANIFESTAÇÕES AGRESSIVAS EM CRIANÇAS PEQUENAS

Autores

  • Michele da Silva Carlos
  • Viviane Barrozo Manfré
  • Andréia Cristiane Silva Wiezzel UNESP/Pres. Prudente

Palavras-chave:

brincar, desenvolvimento emocional, agressividade, brinquedoteca, criança

Resumo

O projeto em questão enfoca crianças que apresentam dificuldades comuns à socialização na educação infantil, especialmente, as que envolvem agressividade. Busca-se proporcionar às crianças o acesso ao brincar e aos benefícios desta atividade ao seu desenvolvimento emocional, levando a um amadurecimento nas relações sociais. O trabalho é desenvolvido sob forma de pesquisa qualitativa de tipo estudo de caso. Como instrumentos de coleta de dados são utilizadas observações, entrevistas com pais e professores e atividades lúdicas com as crianças. Análises preliminares indicam que as crianças estão utilizando as atividades lúdicas para dar vazão à agressividade e expressar conflitos emocionais que as têm incomodado. As professoras ressaltaram que os ataques físicos a outras crianças, em sala de aula, vêm sendo menos frequentes.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2017-04-12

Como Citar

da Silva Carlos, M., Barrozo Manfré, V., & Wiezzel, A. C. S. (2017). O BRINCAR COMO INSTRUMENTO DE DESENVOLVIMENTO EMOCIONAL EM CASOS DE MANIFESTAÇÕES AGRESSIVAS EM CRIANÇAS PEQUENAS. Colloquium Humanarum. ISSN: 1809-8207, 13(3), 41–45. Recuperado de https://journal.unoeste.br/index.php/ch/article/view/1771