RESIDENCIAL ATALAIA – HABITAÇÃO SOCIAL EM PRESIDENTE PRUDENTE

Autores

  • Sibila Corral de Area Leao Honda UNOESTE
  • Mayara Pissutti Albano Universidade do Oeste Paulista

Palavras-chave:

Habitação de interesse social, Programa de Arrendamento Residencial, Avaliação pós-ocupacional

Resumo

Este artigo visa à discussão sobre a habitação social em cidades médias brasileiras, refletindo sobre as características de sua implantação na estrutura urbana, bem como de seus moradores. Tem-se como estudo de caso a cidade de Presidente Prudente, no interior do Estado de São Paulo, por meio de um dos empreendimentos executados com financiamento do Programa de Arrendamento Residencial (PAR), do Governo Federal, o Conjunto Residencial Atalaia. Análise pós-ocupacional apoia a pesquisa, cuja metodologia está baseada em levantamento in loco. Evidencia-se o descaso sobre as diretrizes específicas do programa; assim como não se apresentam direcionamentos de expansão e adensamento urbanos. Reproduzem-se os processos de implantação da habitação social.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Sibila Corral de Area Leao Honda, UNOESTE

Arquiteta e Urbanista pela Universidade Presbiteriana Mackenzie, Mestre em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Presbiteriana Mackenzie, Doutora em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Presbiteriana Mackenzie. Coordenadora dos cursos de Arquitetura e Urbanismo, Tecnologia em Design de Interiores, e Tecnologia em Design de Produto da Universidade do Oeste Paulista - UNOESTE.

Mayara Pissutti Albano, Universidade do Oeste Paulista

Arquiteta e Urbanista pela Universidade do Oeste Paulista - UNOESTE, Mestranda em Meio Ambiente e Desenvolvimento Regional na Universidade do Oeste Paulista - UNOESTE.

Downloads

Publicado

2013-07-31

Como Citar

Honda, S. C. de A. L., & Albano, M. P. (2013). RESIDENCIAL ATALAIA – HABITAÇÃO SOCIAL EM PRESIDENTE PRUDENTE. Colloquium Humanarum. ISSN: 1809-8207, 9(1), 01–09. Recuperado de https://journal.unoeste.br/index.php/ch/article/view/493