A MATEMÁTICA FINANCEIRA PARA ALÉM DA ESCOLA

Autores

  • Gisely Fernandes e Silva Universidade Federal do Tocantins UFT/TO
  • Keidna Cristiane Oliveira Souza UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS
  • Eudes Antonio Costa UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS

Palavras-chave:

Educação Financeira. Ensino. Matemática Financeira.

Resumo

Este discute o papel da Educação Financeira e a importância de que ela seja apresentada e desenvolvida na educação básica. Tem por objetivo realizar um estudo sobre a abordagem da Matemática Financeira e Educação Financeira, além disso, explana a pertinência de conteúdos, os quais preparam os estudantes para serem pessoas organizadas, e assim, lidar com situações concretas, num contexto de ascensão de novas práticas de mercado, no qual o domínio das questões financeiras torna-se fundamental. Metodologicamente, além da pesquisa bibliográfica e documental, utilizam-se relatos de experiência para contextualizar a reflexão acerca da Educação Financeira. Os resultados apontam que a Matemática Financeira, como disciplina ou conteúdo escolar, pode ser um passo para o letramento financeiro do cidadão. A Educação Financeira está relacionada à conscientização quanto ao uso racional do dinheiro, evitando que as pessoas sejam vítimas de abusos do sistema financeiro.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

AREF, Jamel. Escambo e permuta: troca direta ao consumidor. 2007. Disponível em: http://escamboepermuta.blogspot.com.br/2012/05/troca-direta.html. Acesso: 19 nov. 2017.
BANCO CENTRAL DO BRASIL. A origem e evolução do dinheiro. Disponível em: http://www.bcb.gov.br/htms/origevol.asp. Acesso: 22 out. 2017.
BRASIL. Base Nacional Comum Curricular (BNCC). Educação é a Base. Brasília, MEC/CONSED/UNDIME, 2017. Disponível em: http://basenacionalcomum.mec.gov.br/images/BNCC-publicacao.pdf. Acesso: 12 mar. 2018.
BRASIL. Comitê Nacional de Educação Financeira. Educação Financeira Nas Escolas. CONEF. Brasília, 2013. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/component/tags/tag/35997. Acesso: 26 mar. 2018.
BRASIL. Decreto no 5.685, de 25 de janeiro de 2006. Institui o Comitê de Regulação e Fiscalização dos Mercados Financeiro, de Capitais, de Seguros, de Previdência e Capitalização – COREMEC. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil-03/-Ato2004- 2006/2006/Decreto/D5685.htm. Acesso: 18 set. 2018.
BRASIL. Decreto no 7.397, de 22 de dezembro de 2010. Institui a Estratégia Nacional de Educação Financeira - BRASIL-ENEF, dispõe sobre a sua gestão e dá outras providências. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil-03/-Ato2007-2010/2010/Decreto/D7397.htm. Acesso: 19 set. 2018.
BRASIL. Deliberação nº 3, de 31 de maio de 2007. Dispõe sobre a constituição de Grupo de Trabalho com o propósito de propor estratégia nacional de educação financeira. Disponível em: http://www.previdencia.gov.br/a-previdencia/previc/legislacao-da-previdencia- complementar/deliberacoes-coremec/. Acesso: 19 set. 2018.
BRASIL. ENEF: Orientações para Educação Financeira nas Escolas. 2010. Disponível em: http://www.vidaedinheiro.gov.br/. Acesso: 18 set. 2018.
BRASIL. Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico. Disponível em: http://www.itamaraty.gov.br/pt-br/component/tags/tag/ocde-organizacao-para-a-cooperacao-e- o-desenvolvimento-econômico. Acesso: 21 set. 2018.
BRASIL. Parâmetros Curriculares Nacionais: Matemática. Secretaria da Educação Fundamental – MEC/SEF. Brasília, 2001.
CONFEDERAÇÃO NACIONAL DO COMÉRCIO. 2018. Pesquisa Nacional de Endividamento e Inadimplência do Consumidor. Disponível em: http://cnc.org.br/central-do-conhecimento/pesquisas/economia/pesquisa-de-endividamento-e-inadimplencia-do- consumidor-7. Acesso: 18 set. 2018.
DATA POPULAR, Instituto. A educação financeira no Brasil: Relatório quali-quanti. 2008.
FERNANDES e SILVA, Gisely. A matemática financeira para além da escola. 2018. Dissertação (Mestrado Profissional em Matemática- PROFMAT) - Universidade Federal do Tocantins, Programa de Pós-Graduação em Matemática, Arraias, 2018.
GOIÁS. LEI Nº 17.920, de 27 de dezembro de 2012. Revogado pela Lei no 19.687, de 22-06- 2017, art. 12. Disponível em: http://www.gabinetecivil.go.gov.br/pagina-leis.php?id=21560. Acesso: 21 set. 2018.
GOIÁS. Currículo Referência da Rede Estadual de Educação de Goiás. 2012. Disponível em: http://www.seduc.go.gov.br/imprensa/documentos/arquivos/Curr%C3%ADculo%20Refer%C3%AAncia/Curr%C3%ADculo%20Refer%C3%AAncia%20da%20Rede%20Estadual%20de%20Educa%C3%A7%C3%A3o%20de%20Goi%C3%A1s!.pdf . Acesso: 22 set. 2018.
GONÇALVES, Jean P. A História da Matemática Comercial e Financeira. 2007. Disponível em: http://www.somatematica.com.br/historia/matfinanceira.php. Acesso: 22 out. 2017.
LIMA, Elon Lages et al. A matemática do Ensino Médio. V.2. 6 ed. Rio de Janeiro, Sociedade Brasileira de Matemática: 2006.
PUCCINI, Ernesto Coutinho. Matemática Financeira e Análise de Investimentos. CAPES: UAB. Brasília, 2011.
TRIGUEIROS, F. dos Santos. Dinheiro no Brasil. Rio de Janeiro, Léo Christiano, 1987.

Publicado

2020-08-17

Como Citar

Fernandes e Silva, G., Oliveira Souza, . K. C. ., & Costa, E. A. . (2020). A MATEMÁTICA FINANCEIRA PARA ALÉM DA ESCOLA. Colloquium Humanarum. ISSN: 1809-8207, 17, 155-166. Recuperado de http://journal.unoeste.br/index.php/ch/article/view/3533

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##