CONSUMO DE ÁLCOOL E OUTRAS DROGAS EM ADOLESCENTES INFRATORES DE UMA UNIDADE DE SEMILIBERDADE DO INTERIOR DO ESTADO DE SÃO PAULO

Autores

  • Patrícia Santos Teixeira
  • Thais Emilia de Campos
  • Raul Aragão Martins

Palavras-chave:

Consumo de drogas, Adolescentes, Medida socioeducativa, ECA

Resumo

O uso de substâncias psicoativas (SPA), legais ou ilegais, é um dos comportamentos de risco entre crianças e adolescentes e está associado a condutas antissociais e/ou delitivas, como as que levam a prática de atos infracionais e, posteriormente, a entrada no sistema socioeducacional previsto no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). Estas situações são motivos de discussões e preocupa pais e educadores. Para planejar uma intervenção voltada a prevenção e/ou retorno a condutas socialmente aceitas é necessário que se conheça o padrão de uso de álcool e outras drogas entre os adolescentes. Assim, participaram desta pesquisa 15 internos de uma unidade de semiliberdade prevista no ECA. Levantou-se através dos seguintes instrumentos o perfil dos adolescentes: AUDIT, Q_F, DUSI-R e o ASSIST. Concluiu-se que o padrão de uso de SPA entre adolescentes atendidos no regime de semiliberdade é alto quando comparado com a população em geral e, em relação aos estudos, quase todos tinham abandonado a escola.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2018-03-26

Como Citar

Santos Teixeira, P., Emilia de Campos, T., & Aragão Martins, R. (2018). CONSUMO DE ÁLCOOL E OUTRAS DROGAS EM ADOLESCENTES INFRATORES DE UMA UNIDADE DE SEMILIBERDADE DO INTERIOR DO ESTADO DE SÃO PAULO. Colloquium Humanarum. ISSN: 1809-8207, 14(4), 15–20. Recuperado de http://journal.unoeste.br/index.php/ch/article/view/2212