CRIMES HEDIONDOS ANÁLISE PROPEDÊUTICA E PROGRESSÃO ESPECIAL DE REGIME INSTITUÍDA PELA LEI 13.769/18

Autores

  • Fabiana Vergílio Souto (18)99148-8927

Palavras-chave:

Lei de Crimes Hediondos. Lei 13.769/18. Lei de Execução Penal. Progressão especial de regime. Política criminal.

Resumo

O presente estudo teve como escopo apontar conceitos propedêuticos acerca dos crimes hediondos e demonstrar as novas diretrizes quanto à progressão especial de regime, estabelecidas pela Lei 13.769/18, que deu nova redação ao artigo 2º, § 2º da Lei 8.072/90 (Lei dos Crimes Hediondos) e inclusão dos §§ 3º e 4º ao artigo 112 da Lei 7.210/84 (Lei de Execução Penal).

O método hipotético-dedutivo, por meio de pesquisa bibliográfica, viabiliza o estudo, visto que, qualitativamente, apresenta considerações basilares acerca dos crimes hediondos e as novas regras aplicáveis quanto à progressão de regime excepcionalmente no caso de mulher gestante ou que for mãe ou responsável por crianças ou pessoas com deficiência.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BINA, Ricardo Ambrósio Fazzani. Série Universitária – Legislação Penal Especial. 1. ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2015.

BRASIL. Constituição (1988). Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília, DF: Senado Federal, 1988. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicaocompilado.htm. Acesso em 16 mar. 2020.

BRASIL. Presidência da República. Lei nº 13.769, de 19 de dezembro de 2018. Altera o Decreto-Lei nº 3.689, de 3 de outubro de 1941 (Código de Processo Penal), as Leis n º 7.210, de 11 de julho de 1984 (Lei de Execução Penal), e 8.072, de 25 de julho de 1990 (Lei dos Crimes Hediondos), para estabelecer a substituição da prisão preventiva por prisão domiciliar da mulher gestante ou que for mãe ou responsável por crianças ou pessoas com deficiência e para disciplinar o regime de cumprimento de pena privativa de liberdade de condenadas na mesma situação. Brasília, 2018. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2015-2018/2018/lei/L13769.htm. Acesso em: 15 mar. 2020.

BRASIL. Presidência da República. Lei nº 8.072, de 25 de julho de 1990. Lei dos Crimes Hediondos. Dispõe sobre os crimes hediondos, nos termos do art. 5º, inciso XLIII, da Constituição Federal, e determina outras providências. Brasília, 1990. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Leis/L8072.htm. Acesso em: 16 de mar. 2020.

BRASIL. Presidência da República. Lei nº 7.210, de 11 de julho de 1984. Lei de Execução Penal. Brasília, 1984. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l7210.htm. Acesso em: 16 mar. 2020.

BRASIL. Supremo Tribunal Federal. Habeas Corpus n. 82.959/SP, Impetrante(s): Oseas de Campos. Relator Min. Marco Aurélio. São Paulo, 23 fev, 2006. Disponível em: http://redir.stf.jus.br/paginadorpub/paginador.jsp?docTP=AC&docID=79206. Acesso em: 16 de mar. 2020.

BRASIL. Supremo Tribunal Federal. Habeas Corpus n. 111.840/ES, Impetrante: Defensoria Pública do Estado do Espírito Santo. Relator Min. Dias Toffoli. Espírito Santo, 14 jun. 2012. Disponível em: http://www.stf.jus.br/arquivo/cms/noticianoticiastf/anexo/hc111840dt.pdf. Acesso em: 16 mar. 2020.

GONÇALVES, Victor Rios. Legislação penal especial: crimes hediondos – drogas – terrorismo – tortura – armas de fogo – contravenções penais – crimes de trânsito. 14. ed. São Paulo: Saraiva, 2017.

MONTEIRO, Antônio Lopes. Crimes Hediondos: texto, comentários e aspectos polêmicos. 10. ed. São Paulo: Saraiva, 2015.

SOUTO, Fabiana Vergílio. Breves apontamentos sobre a incidência valorativa na nomogênese e subsunção. Colloquium Socialis, Presidente Prudente, v. 2, n. 1, p. 06-12, dez. 2018. https://doi.org/10.5747/cs.2018.v02.n1.s022

Downloads

Publicado

2021-05-17

Como Citar

Souto, F. V. (2021). CRIMES HEDIONDOS ANÁLISE PROPEDÊUTICA E PROGRESSÃO ESPECIAL DE REGIME INSTITUÍDA PELA LEI 13.769/18. Colloquium Socialis. ISSN: 2526-7035, 5(1), 12–19. Recuperado de https://journal.unoeste.br/index.php/cs/article/view/3226