CORPO, GÊNERO E BELEZA: O QUE A EDUCAÇÃO INFANTIL TEM A VER COM ISSO?

Autores

  • Maria de Fatima Salum Moreira UNOESTE
  • Narda Helena Jorosky Universidade do Oeste Paulista – UNOESTE
  • Marta Campos de Quadros Programa de Pós-Graduação em Educação da UNESP - Presidente Prudente – SP

Palavras-chave:

infância, corpo, beleza, educação infantil, gênero

Resumo

O artigo resulta da interação entre as pesquisas que as autoras desenvolvem no âmbito da Educação em articulação com os estudos da cultura (visual) e com base nas teorias da linguagem de Bakhtin e de cultura visual segundo Hernandez. Visa-se investigar as imagens que circulam contemporaneamente e suas associações com as diferentes concepções de beleza, gênero e corpo. Mais especificamente, nos interessa analisar o modo como essas imagens interpelam as crianças pequenas na educação infantil e as suas implicações nas relações de gênero e do tipo de sujeito que se forma, bem como as concepções de beleza, corpo e gênero construídas pelas crianças. A partir da abordagem do debate acadêmico no tema, temos por objetivo: analisar os processos envolvidos nas apropriações feitas pelas crianças das imagens do corpo feminino e masculino e suas relações com os padrões de beleza e normalidade que circulam em seus espaços educativos e não educativos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria de Fatima Salum Moreira, UNOESTE

DOCENTE Mestrado em Educação UNOESTE DOCENTE Mestrado e Doutorado em Educação UNESP Doutorado em História e Experiência em Pesquisa e Ensino na Área de Educação

Downloads

Publicado

2015-05-26

Como Citar

Moreira, M. de F. S., Jorosky, N. H., & Quadros, M. C. de. (2015). CORPO, GÊNERO E BELEZA: O QUE A EDUCAÇÃO INFANTIL TEM A VER COM ISSO?. Colloquium Humanarum. ISSN: 1809-8207, 11(3), 62–70. Recuperado de http://journal.unoeste.br/index.php/ch/article/view/1221