O DIREITO ANTITRUSTE BRASILEIRO E A REPRESSÃO À CONCORRÊNCIA ILÍCITA: FORMAÇÃO DE CARTÉIS E ACORDOS NA LEI 12.529/2011

Autores

  • João Paulo Angelo Vasconcelos UNOESTE
  • Isadora Santos Universidade do Oeste Paulista - UNOESTE

Palavras-chave:

Direito da Concorrência, Formação de cartéis, Repressão, CADE, Acordos. Leniência

Resumo

O presente artigo tem por escopo estudar o Direito da Concorrência e estabelecer sua concepção na e para a contemporaneidade, com base na qual será analisado o Sistema Brasileiro de Defesa da Concorrência. Dada a sua concepção analítica e crítica, o trabalho é executado conforme o método dedutivo, sem olvidar do recurso a abordagem hermenêutico-dialética. Analisados alguns instrumentos considerados adequados a repressão à cartelização, o estudo aclara as nuances que a permeiam sob a ótica da Lei de Defesa da Concorrência. Compreendido, na contemporaneidade, como instrumento para a implementação de políticas públicas destinadas a tutela da livre concorrência, a repressão ao abuso do poder econômico e a persecução de ilícitos anticoncorrenciais, o Direito Antitruste brasileiro estruturou um sistema de proteção dúplice da concorrência - controle das estruturas e das condutas - e, autorizando ao CADE a celebração de acordos com agentes econômicos infratores, assegurou o uso de instrumentos efetivos para a comprovação das práticas ilícitas, a repressão-punição e a prevenção, notadamente quanto aos cartéis.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ALERIGI JR., Alberto. Cade condena 5 empresas e 6 pessoas por cartel de tubos e conexões de PVC. CNN Brasil. 30 de junho de 2021. Business. Disponível em: https://www.cnnbrasil.com.br/business/2021/06/30/cade-condena-5-empresas-e-6-pessoas-por-cartel-de-tubos-e-conexoes-de-pvc. Acesso em: 11 de julho de 2021.

ATHAYDE, Amanda; FIDELIS, Andressa. Discovery, Leniência, TCC e persecução privada a cartéis: too much of a good thing?. Revista do Ibrac, 2016; Vol. 22. pp. 89-116.

ATHAYDE, Amanda; FREITAS, Sarah R. de. Pipoca com guaraná: combinando acordos de leniência com os do tipo second best. Disponível em: https://www.conjur.com.br/2021-abr-17/opiniao-combinando-acordos-leniencia-second-best. Acesso em: 10 de julho de 2021.

BAGNOLI, Vicente. Comentários à Nova Lei de Defesa da Concorrência. São Paulo: Ed. Revista dos Tribunais, 2012.

BRASIL. Constituição Federal da República do Brasil de 1988. Brasília, 5 de outubro de 1988. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicao.htm. Acesso em: 08 de julho de 2021.

BRASIL. Lei nº 8.137, de 27 de dezembro de 1990. Diário Oficial da União, Brasília-DF, 28 de dezembro de 1990. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l8137.htm. Acesso em: 08 de julho de 2021.

BRASIL. Lei nº 10.149, 21 de dezembro de 2000. Brasília, 21 de dezembro de 2000; 179o da Independência e 112o da República. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l10149.htm. Acesso em: 08 de julho de 2021.

BRASIL. Lei nº 10.406, de 10 de janeiro de 2002. Diário Oficial da União, Brasília-DF, 10 de janeiro de 2002; 181 º da Independência e 114 º da República. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/2002/l10406compilada.htm. Acesso em: 08 de julho de 2021.

BRASIL. Lei nº 12.529, de 30 de novembro de 2011. Diário Oficial da União, Brasília-DF, 1º de novembro de 2011 e retificado em 2 de dezembro de .2011. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2011-2014/2011/lei/l12529.htm. Acesso em: 08 de julho de 2021.

BRASIL. Regimento Interno do Conselho Administrativo de Defesa Econômica. Aprovado pela Resolução nº 22 de 19 de junho de 2019 e atualizado pela Emenda Regimental nº 01/2020 de 02 de abril de 2020. Disponível em: https://cdn.cade.gov.br/Portal/centrais-de-conteudo/regimento-interno/Regimento-interno-Cade-versao-05-2021.pdf. Acesso em: 10 de julho de 2021.

CHÍXARO, Fernando Martins. Os Acordos depois do Acordo: Da comparação entre Termos de Cessação Conduta homologados no Cade em processo com e sem Acordos de Leniência, entre de 2015 a 2019. Trabalho de Conclusão da Pós Graduação na FGV. Dezembro 2020.

COELHO, Fabio Ulhoa. Curso de Direito Comercial: direito de empresa. vol. 1. São Paulo: Editora Revista dos Tribunais, 2017.

COMPARATO, Fábio Konder. O indispensável direito econômico. Ensaios e pareceres de direito empresarial. São Paulo: Forense, 1978.

DESCHK, João Paulo Vieira. A formação de cartéis e a proposição de acordos de leniência por parte das empresas autoras de infração à ordem econômica. Revista Brasileira de Direito Empresarial. Curitiba, v. 2, n. 2, p. 177 – 197 |Jul/Dez. 2016.

FILHO, Calixto Salomão. Regulação da atividade econômica. São Paulo: Malheiros, 2008.

FORGIONI, Paula A. Os fundamentos do antitruste. 9ª ed. rev., atualizada e ampliada. São Paulo: Ed. Revista dos Tribunais, 2016.

FORGIONI, Paula A. A evolução do direito comercial brasileiro: da mercancia ao mercado. São Paulo: Ed. Revista dos Tribunais, 2009.

FONSECA, João. B. L. da. Direito econômico. 9ª ed. rev., atualizada e ampliada. Rio de Janeiro: Forense, 2017.

FRAZÃO, Ana. Direito da concorrência: pressupostos e perspectivas. São Paulo: Saraiva, 2017.

GABAN, Eduardo Molan; DOMINGUES, Juliana Oliveira. Direito antitruste. 4ª edição. 2016.

GIL, Antonio Carlos. Métodos e técnicas de pesquisa social. 6.ed. São Paulo: Atlas, 2008. Disponível em: https: //ayanrafael.files.wordpress.com/2011/08/gil-a-c-mc3a9todos-e-tc3a9cnicas-de-pesquisa-social.pdf. Acesso em: 26 ago. 2020.

MAGGI, Bruno Oliveira. O cartel e seus efeitos no âmbito da responsabilidade civil. 233 f. Dissertação (Mestrado) - Faculdade de Direito, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2010.

MINAYO, M. C. S. (org.). Pesquisa social: teoria, método e criatividade. 29. ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2010. (Coleção temas sociais). Resenha.

NETO, Caio M. da S. P., CASAGRANDE, Paulo L. Direito concorrencial – São Paulo: Saraiva, 2016. – (Coleção direito econômico / coordenador Fernando Herren Aguillar)

Práticas Anticompetitivas: Cade condena cartel de fornecimento de tubos e conexões de PVC em licitações. Revista Consultor Jurídico, 30 de junho de 2021. Disponível em: https://www.conjur.com.br/2021-jun-30/cade-condena-cartel-fornecimento-tubos-pvc-licitacoes. Acesso: 11 de julho de 2021.

VENTURA, Felipe. Samsung, LG, Philips e Toshiba formaram cartel para aumentar preços de TVs. 23 de agosto de 2018. Disponível em: https://tecnoblog.net/257015/cade-cartel-tv-crt/. Acesso em: 11 de julho de 2021.

Downloads

Publicado

2021-12-10

Como Citar

Vasconcelos, J. P. A., & Santos, I. (2021). O DIREITO ANTITRUSTE BRASILEIRO E A REPRESSÃO À CONCORRÊNCIA ILÍCITA: FORMAÇÃO DE CARTÉIS E ACORDOS NA LEI 12.529/2011. Colloquium Socialis. ISSN: 2526-7035, 5(1), 83–95. Recuperado de https://journal.unoeste.br/index.php/cs/article/view/4221