ANÁLISE DO RUÍDO PRODUZIDO PELA CANETA DE ALTA ROTAÇÃO EM DIFERENTES PROCEDIMENTOS OPERATÓRIOS

Autores

  • Maria F. Silveira
  • Fernanda F Ricco
  • Meire A. J. Lourenço
  • Renata A. P.O. Ricco

Palavras-chave:

Ruído, Canetas de alta – rotação, Medição de ruído.

Resumo

O objetivo deste estudo foi analisar o nível do ruído produzido pela caneta de alta rotação (Dabi Atlante – ano 2000) em diferentes procedimentos operatórios. Foram selecionados 30 dentes naturais posteriores extraídos, divididos em três grupos, com dez dentes cada : grupo I (dentes naturais para preparos cavitários em classe I), grupo II (dentes restaurados com amálgama) e grupo III (dentes restaurados com resina composta) para remoção das restaurações, em classe I, usando brocas cilíndricas picotadas (556). A medida do nível do ruído da caneta de alta rotação para cada grupo, foi realizada com aparelho medidor de nível de pressão sonora analógico (DECIBELÍMETRO; MOD. 886-2/890-2, COD. 00045, MARCA: SIMPSON). As médias de cada grupo foram: GRUPO I = 73,2 dB; GRUPO II= 73,8 dB; GRUPO III = 70,9 dB. Os resultados foram submetidos à análise de variância e ao teste de Tukey que mostraram o GRUPO III com níveis de ruído estatisticamente significante menor comparado aos demais grupos ao nível de 5 % de significância. Após a obtenção dos resultados pode-se observar que a caneta de alta rotação apresentou em média ruído abaixo de 75 decibéis. A remoção de resina composta apresentou a menor média nos níveis de ruído.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2009-03-17

Como Citar

Silveira, M. F., Ricco, F. F., Lourenço, M. A. J., & Ricco, R. A. P. (2009). ANÁLISE DO RUÍDO PRODUZIDO PELA CANETA DE ALTA ROTAÇÃO EM DIFERENTES PROCEDIMENTOS OPERATÓRIOS. Colloquium Vitae. ISSN: 1984-6436, 1(1), 53–57. Recuperado de https://journal.unoeste.br/index.php/cv/article/view/154