DA IGUALDADE SALARIAL COMO MEIO DE CONCRETIZAR O OBJETIVO 5° DA AGENDA 2030: ALCANÇAR A IGUALDADE DE GÊNERO E EMPODERAR TODAS AS MULHERES

Autores

  • Gabriela Aparecida da Cruz Estevam Universidade do Oeste Paulista - UNOESTE
  • Pedro Henrique Pereira Universidade do Oeste Paulista - UNOESTE
  • Ana Clara da Siva Marino Universidade do Oeste Paulista - UNOESTE
  • Nayara Maria Silverio da Costa Dallefi UNOESTE

Palavras-chave:

Igualdade Salarial, Empoderamento Feminino, Agenda de 2030

Resumo

O presente artigo narra a evolução histórica e legislativa do direito brasileiro alcançado pelas mulheres, tais eram tratadas como mero objeto de procriação e eram consideradas como propriedade de sexo masculino. A luta pelo direito feminino, foi esparso, iniciado com pequenas revoltas que tinha como finalidade a conquistas de seus direitos. Por fim, traz à tona os objetivos da Agenda 2030 – Objetivos de Desenvolvimento Sustentáveis que ratificou o objetivo de igualdade de género e do empoderamento feminino, que visa alcançar a igualdade de gênero, promover o emprego pleno para todos e reduzir a desigualdade. Assim, é sabido que o desenvolvimento do objetivo quinto não vem tendo cooperação para ser atingido, todavia, com o auxílio do IDSC – BR, nova ferramenta criada para avaliar os avanços e retrocessos da Agenda 2030, será possível analisar as lacunas ainda existentes no mundo jurídico para gênero feminino e posteriormente incentivar para que novas leis sejam criadas afim de solucionar esses problemas como meio de concretizar o objetivo quinto.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BANDEIRA, Luiza. Objetivos do Milênio trouxeram avanços, mas são alvos de críticas. BBC NEWS Brasil 2014. Disponível em: < https://www.bbc.com/portuguese/noticias/2014/06/140627_objetivos_milenio_balanco_lab>. Acesso em: 09 de agosto de 2022.

BRASIL. Código de Processo Civil (2015). Código de Processo Civil Brasileiro. Brasília, DF: Senado, 2015.

BRASIL. Constituição (1988). Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília. DF: Senado Federal. Disponível em:<http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicao.htm>. Acesso em: 06 de julho de 2022.

CALVO, Adriana. Manual de Direito do Trabalho. 5. ed. – São Paulo: Saraiva Educação, 2020.

CASTRO, Isis Gabriella. Movimento Sufragista: o que foi e qual foi o impacto no Brasil. POLITIZE! 2021. Disponível em: <https://www.politize.com.br/movimento-sufragista-o-que-foi-e-qual-o-impacto-no-brasil/#:~:text=O%20que%20foi%20o%20movimento,votarem%20e%20de%20serem%20votadas>. Acesso em: 04 de julho de 2022.

Ferramenta permite avaliar Agenda 2030 em todos os municípios brasileiros. Gov.br 2022. Disponível em: <https://www.gov.br/mcti/pt-br/acompanhe-o-mcti/noticias/2022/07/ferramenta-permite-avaliar-agenda-2030-em-todos-os-municipios-brasileiros>. Acesso em: 09 de agosto de 2022.

GASPARETTO, Antônio Junior. Segunda Onda Feminista. Info Escola. Disponível em: <https://www.infoescola.com/historia/segunda-onda-feminista/>. Acesso em: 06 de julho de 2022.

GASPARETTO, Antônio Junior. Terceira Onda Feminista. Info Escola. Disponível em:<https://www.infoescola.com/historia/terceira-onda-feminista/>. Acesso em: 06 de julho de 2022.

HOBSBAWM, E. J. Da Revolução Industrial inglesa ao imperialismo. Rio de

Indicadores Brasileiros para os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável. Objetivos de Desenvolvimento Sustentável 2022. Disponível em: <https://odsbrasil.gov.br/>. Acesso em: 09 de agosto de 2022. Janeiro: Forense Universitária, 2000.

LEITE, Carlos Henrique Bezerra. Curso de Direito do Trabalho. 12. ed. – São Paulo: Saraiva Educação, 2020

LUZ, Gabriela de Almeida Ribeiro. A evolução da Mulher no Mercado de Trabalho. Monografias Brasil Escola. Disponível em: <https://monografias.brasilescola.uol.com.br/direito/a-evolucao-mulher-no-mercado-trabalho.htm#:~:text=De%20acordo%20com%20o%20artigo,homens%20no%20mercado%20de%20trabalho>. Acesso em: 08 de agosto de 2022.

MATIAS, Átila. Organização Internacional do Trabalho (OIT). Brasil Escola. Disponível em: <https://brasilescola.uol.com.br/brasil/organizacao-internacional-do-trabalho-oit.htm>. Acesso em: 08 de agosto de 2022.

MENEZES, Mariana. Vamos falar sobre diferenças salariais entre homens e mulheres? Jusbrasil 2018. Disponível em: <https://menezesmariana.jusbrasil.com.br/artigos/618894274/vamos-falar-sobre-diferencas-salariais-entre-homens-e-mulheres>. Acesso em: 08 de agosto de 2022.

Mulheres são maioria na saúde e cuidados, mas ganham 24% menos que homens. ONU NEWS Perspectiva Global Reportagens Humanas 2022. Disponível em: <https://news.un.org/pt/story/2022/07/1795492>. Acesso em: 09 de agosto de 2022.

NICHNIG, Claudia Regina. Resistência e Opressão: A Segunda Onda do Movimento Feminista no Brasil e as Alterações no Direito das Mulheres. Facultad de Filosofía y Letras. Universidad de Tucumán, San Miguel de Tucumán, 2007. Disponível em: <https://cdsa.aacademica.org/000-108/815.pdf>. Acesso em: 04 de julho de 2022.

O que é a Agenda 2030 e quais os seus objetivos. Ecam. Disponível em: <http://ecam.org.br/blog/o-que-e-a-agenda-2030-e-quais-os-seus-objetivos/#:~:text=A%20Agenda%202030%20%C3%A9%20um,de%20vida%20das%20pr%C3%B3ximas%20gera%C3%A7%C3%B5es>. Acesso em: 09 de agosto de 2022.

PINTO, Célia Regina Jardim. Feminismo, história e poder. SciELO Brasil 2010. Disponível em: <https://www.scielo.br/j/rsocp/a/GW9TMRsYgQNzxNjZNcSBf5r/?lang=pt#:~:text=Palavras%2Dchave%3A%20movimento%20feminista%3B,%3B%20poder%3B%20mulheres%20e%20pol%>. Acesso em: 06 de julho de 2022.

PORFIRIO, Francisco. Movimento Sufragista. Mundo Educação. Disponível em: <https://mundoeducacao.uol.com.br/politica/sufragio-feminino.htm>. Acesso: Acesso em 04 de julho de 2022.

TEL, Redator Ponto. Isonomia Salarial: o que é e como garantir o pagamento de salários de forma igualitárias. Ponto Tel 2021. Disponível em:<https://www.pontotel.com.br/isonomia-salarial/#:~:text=Art.,-461%20CLT&text=461%20da%20CLT%2C%20da%20seguinte,%2C%20etnia%2C%20nacionalidade%20ou%20idade>. Acesso em: 08 de agosto de 2022

TORRES, Carolina. Quarta Onda do Feminismo. POLITIZE!. Disponível em: <https://www.politize.com.br/quarta-onda-do feminismo/#:~:text=Do%20ponto%20de%20vista%20brasileiro,a%20ditadura%3B%20por%20pol%C3%ADticas%20p%C3%BAblicas>. Acesso em: 04 de julho de 2022.

Downloads

Publicado

2023-01-19

Como Citar

Estevam, G. A. da C., Pereira, P. H., Marino, A. C. da S., & Silverio da Costa Dallefi, N. M. (2023). DA IGUALDADE SALARIAL COMO MEIO DE CONCRETIZAR O OBJETIVO 5° DA AGENDA 2030: ALCANÇAR A IGUALDADE DE GÊNERO E EMPODERAR TODAS AS MULHERES. Colloquium Socialis. ISSN: 2526-7035, 6(1), 126–134. Recuperado de https://journal.unoeste.br/index.php/cs/article/view/4538

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)