UTILIZAÇÃO DA DISTRIBUIÇÃO INVERSA DE CHEN PARA A MODELAGEM DOS TEMPOS DE SOBREVIVÊNCIA DE COBAIAS INOCULADAS PELO VÍRUS DA TUBERCULOSE

Autores

  • Paulo Roberto de Lima Gianfelice
  • Sérgio Minoru Oikawa
  • Fernando Antônio Moala

Palavras-chave:

Ajustamento de Curva, Análise de Sobrevivência, Análise Estatística, Modelagem Estatística, Modelo de Risco

Resumo

Com o intuito de modelar o tempo em que o curso de uma patologia se desenvolve, o presente trabalho empregou os conceitos de análise de sobrevivência no desenvolvimento de um modelo estatístico para de estudar os tempos de vida dos hospedeiros do vírus da tuberculose. Com base nos resultados, constatou-se que o modelo probabilístico Inversa de Chen forneceu um excelente ajuste aos dados de sobrevivência, quando eles apresentam função de risco unimodal. Além disso, concluiu-se que, numa comparação com outros modelos propostos pela literatura, o modelo em questão se mostrou o mais adequado para analisar e descrever os dados sobre os tempos de vida no desenvolvimento da infecção por tuberculose.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2017-06-13

Como Citar

Roberto de Lima Gianfelice, P., Minoru Oikawa, S., & Antônio Moala, F. (2017). UTILIZAÇÃO DA DISTRIBUIÇÃO INVERSA DE CHEN PARA A MODELAGEM DOS TEMPOS DE SOBREVIVÊNCIA DE COBAIAS INOCULADAS PELO VÍRUS DA TUBERCULOSE. Colloquium Exactarum. ISSN: 2178-8332, 8(3), 103–111. Recuperado de https://journal.unoeste.br/index.php/ce/article/view/1862

Edição

Seção

Artigos Originais