INTERAÇÃO ENTRE MÃO DE OBRA E PRODUTIVIDADE EM MATRIZES PESADAS COMERCIAIS

Autores

  • Adriana Borsa Osvaldo Borsa; Martha Vianna Borsa
  • Carlos Eduardo Cruz

Palavras-chave:

avicultura, recursos humanos, matrizes de corte, levantamento

Resumo

Atualmente o mundo todo se preocupa com o bem estar animal, e de fato, as aves industriais só expõem o seu potencial genético, em um estado de bem estar físico. Embora os padrões dos equipamentos e os tipos de alojamentos tenham sofrido alterações significativas em termos de automatização nos últimos tempos, tal estado só se consegue com a intervenção humana. Assim sendo temos que o homem é fundamental na produção avícola intensiva. Com o objetivo de investigar o papel da mão de obra em termos de viabilidade, produtividade de matrizes pesadas e eclodibilidade e incubabilidade de ovos férteis, realizou-se um estudo em duas granjas da mesma empresa trabalhando com matrizes de mesma idade e linhagem, e galpões com características estruturais semelhantes, entretanto com diferente tipo de mão de obra. Concluiu-se que houve significativa diferença em termos de produtividade e incubabilidade dos ovos na granja onde havia mão de obra treinada e especializada.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Adriana Borsa, Osvaldo Borsa; Martha Vianna Borsa

Médica veterinária formada em 1994 pela Universidade Federal de Santa Maria, Mestre em patologia das aves em 1997. Doutora em patologia das aves em 2002. Professora da Universidade do Oeste Paulista na disciplina de Avicultura desde 1998.

Carlos Eduardo Cruz

Zootecnista formado em 2007 pela Universidade do Oeste Paulista

Downloads

Publicado

2009-07-01

Como Citar

Borsa, A., & Cruz, C. E. (2009). INTERAÇÃO ENTRE MÃO DE OBRA E PRODUTIVIDADE EM MATRIZES PESADAS COMERCIAIS. Colloquium Agrariae. ISSN: 1809-8215, 4(1), 23–29. Recuperado de https://journal.unoeste.br/index.php/ca/article/view/129