MONITORAMENTO DA QUALIDADE DA ÁGUA NO MANANCIAL DO RIO SANTO ANASTÁCIO

Autores

  • Paulo Ponce Arroio Junior UNESP
  • Renata Ribeiro de Araújo UNESP
  • Ariane de Souza

Palavras-chave:

Rio Santo Anastácio, monitoramento, limnologia

Resumo

Com objetivo de caracterizar espacial e temporalmente o manancial do Rio Santo Anastácio em função de fatores limnológicos, foram estabelecidas quatro estações de coleta em seu curso principal. Realizou-se o monitoramento das variáveis limnológicas pH, oxigênio dissolvido, temperatura, condutividade elétrica, turbidez, cloro, ferro, amônia e fosfato e das variáveis hidrológicas vazão e velocidade. Aplicou-se aos resultados do monitoramento uma análise de componentes principais (ACP) para determinar comportamentos e padrões das variáveis, tanto na dimensão longitudinal quanto na dimensão temporal. A análise exploratória evidenciou uma tendência de organização longitudinal das estações de coleta conforme o nível de integridade ambiental de cada estação, constatando-se uma piora na qualidade da água no sentido nascente-foz. A análise dos componentes principais revelou ainda uma tendência de organização das datas de amostragem por período sazonal, permitindo a discriminação entre os períodos seco e chuvoso.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2011-08-24

Como Citar

Arroio Junior, P. P., Araújo, R. R. de, & Souza, A. de. (2011). MONITORAMENTO DA QUALIDADE DA ÁGUA NO MANANCIAL DO RIO SANTO ANASTÁCIO. Colloquium Exactarum. ISSN: 2178-8332, 3(1), 10–17. Recuperado de https://journal.unoeste.br/index.php/ce/article/view/569

Edição

Seção

Artigos Originais