AVALIAÇÃO DISTRIBUIÇÃO MITOCONDRIAL NA MATURAÇÃO IN VITRO DE OÓCITOS BOVINOS DE OVÁRIOS COM BAIXA E ALTA CONTAGEM DE FOLÍCULOS ANTRAIS.

Autores

  • Letícia Zamberlan Pistillo Universidade do Oeste Paulista - UNOESTE
  • Adriano Felipe Mendes Universidade do Oeste Paulista - UNOESTE
  • Eder Pinatti Universidade do Oeste Paulista - UNOESTE
  • Janaina Cristina Medeiros Fonseca Universidade do Oeste Paulista - UNOESTE
  • Leandro Francisco da Silva Universidade do Oeste Paulista - UNOESTE
  • Mila Christeen Barbosa de Lima Universidade do Oeste Paulista - UNOESTE
  • Wellington Ribeiro Martins Universidade do Oeste Paulista - UNOESTE
  • Caliê Castilho Universidade do Oeste Paulista - UNOESTE
  • Sheila Merlo Garcia Firetti UNOESTE

Palavras-chave:

bos indicus; bos taurus; fêmeas; mitocôndria; produção in vitro de embriões.

Resumo

A Produção in vitro de embriões (PIVE) depende das etapas de maturação, fertilização e cultivo in vitro, sendo a maturação a etapa decisiva para o oócito atingir o estádio de mórula e blastocisto. Neste trabalho objetivou-se avaliar a qualidade de maturação in vitro, de acordo com a distribuição mitocondrial de oócitos provenientes de ovários de fêmeas de abatedouro, com baixa ou alta contagem de folículos antrais (CFA). Foram aspirados 243 ovários dos quais selecionou-se 334 oócitos perante de cinco repetições para cada grupo. Os ovários foram separados em dois grupos: 1- baixa CFA (n=19), 2- alta CFA (n= 53) e os oócitos recuperados corados com a sonda MitoTracker Red. Os dados obtidos foram analisados pelo teste não paramétrico exato de Fisher (α=5%) mediante o software Statistical Analysis System for Windows (SAS Inst., Inc., Cary, NC). Em relação a localização das mitocôndrias o presente trabalho apresentou diferenças (p<0,001) entre oócitos imaturos e maturados, o que é desejável. Oócitos maturados apresentaram maior porcentagem de mitocôndrias dispersas no citoplasma e oócitos imaturos na periferia, independente do grupo experimental (baixa e alta CFA). Em oócitos imaturos, não houve diferença (p=0,1542) na localização das mitocôndrias entre os grupos baixa e alta CFA. No entanto, o grupo baixa CFA, após a maturação, apresentou menor quantidade de oócitos com mitocôndrias na periferia em relação aos de alta CFA (p = 0,0355), indicando melhor aquisição de competência desses oócitos para PIVE.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2019-11-28

Como Citar

Zamberlan Pistillo, L. ., Felipe Mendes, A., Pinatti, E. ., Cristina Medeiros Fonseca, J. ., Francisco da Silva, L. ., Christeen Barbosa de Lima, M. ., Ribeiro Martins, W. ., Castilho, C. ., & Firetti, S. M. G. (2019). AVALIAÇÃO DISTRIBUIÇÃO MITOCONDRIAL NA MATURAÇÃO IN VITRO DE OÓCITOS BOVINOS DE OVÁRIOS COM BAIXA E ALTA CONTAGEM DE FOLÍCULOS ANTRAIS. Colloquium Agrariae. ISSN: 1809-8215, 15(6), 97–103. Recuperado de https://journal.unoeste.br/index.php/ca/article/view/3334

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>