ANÁLISE DE PARAMETROS FISICO-QUIMICOS DA ÁGUA DA MICROBACIA SÃO JORGE, TARABAI-SP

Autores

  • Danielli Chagas Universidade do Oeste Paulista
  • Ana Paula Da Silva Caciano Lima Universidade do Oeste Paulista - UNOESTE
  • Elson Mendonça Felici Universidade do Oeste Paulista - UNOESTE

Palavras-chave:

Interferências externas; qualidade da água; microbacia.

Resumo

A microbacia do córrego do São Jorge localizado no município de Tarabai- SP, se encontra dividida em zona rural e urbana, com presença de atividades pecuaristas, edificações residências e comerciais, além de uma indústria de beneficiamento da mandioca. Assim, com objetivo analisar a qualidade da água dessa microbacia, foram analisados pH, DQO, turbidez, condutividade e nitrogênio para a verificação de possíveis desacordos. Os resultados foram comparados às legislações vigentes e permitiu encontrar discrepância na amostra com maior proximidade da indústria (4).  A análise qualitativa do córrego permitiu compreender o quanto interferências externas intervém na qualidade da água em microbacias; muitas vezes não são visíveis ou fácil de identificar, mas, estão presentes alterando as características da água

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

AMERICAN PUBLIC HEALTH ASSOCIATION.
Standard Methods for The Examination of Water & Wastewater – 21st Edition. Washington: APHA, 2005.

ANA (Agência Nacional das Águas). Portal da Qualidade das Águas, 2016. Disponível em: <http://portalpnqa.ana.gov.br/default.aspx>.
Acesso em: 24 de Maio de 2020.


BRASIL; Resolução CONAMA n° 357, de 17 de março de 2005. Classificação de águas, doces, salobras e salinas do Território Nacional, 2005. Publicado no D.O.U.

BRASIL; Resolução CONAMA n° 430, de 13 de maio de 2011. Padrões de lançamento de efluentes, 2011. Publicado no D.O.U.

CARVALHO, R. G. As bacias hidrográficas enquanto unidades de planejamento e zoneamento ambiental no Brasil. Caderno Prudentino de Geografia, Presidente Prudente, v.36, p.26-43, 2014.

COUTO, J. L. V.; Limnologia: Parâmetros físicos - UFRJ, 2004. Disponível em: <http://www.ufrrj.br/institutos/it/de/acidentes/limno.htm>. Acesso em 17 de maio de 2020.

EMBRAPA; Condutividade, 2020. Disponível em:
<https://www.cnpma.embrapa.br/projetos/ecoagua/eco/condu.html>. Acesso em 17 de maio de 2020.

FERREIRA K. C. D., LOPES F. B., ANDRADE E. M., MEIRELES A. C. M., SILVA G. S. Adaptação do índice de qualidade de água da National Sanitation Foundation ao semiárido brasileiro. Revista Ciência Agronômica, v. 46, n. 2, p. 277-286. 2015.

LABORATÓRIO CENTRAL DE SAÚDE PÚBLICA Manual de recebimento de amostras de água para consumo humano / Espírito Santo: Secretaria de Estado da Saúde, 2017.

LITZ Passos, Ana Luiza Seleção de melhores parâmetros na definição de um índice de qualidade de água para o Distrito Federal / - Brasília, 2018. p. 74

LUCAS, A. A. T.; MOURA, A. S. A.; NETTO, A. O. A.; FACCIOLI, G. G.; SOUSA, I. F.; Qualidade Da Água No Riacho Jacaré, Sergipe Brasil Usada Para Irrigação. Revista Brasileira de Agricultura Irrigada v.8, nº. 2, p. 98 - 105, 2014.

MENDES, C. G. N. Tratamento de águas para consumo humano - Panorama mundial e ações do PROSAB. Contribuição ao estudo da remoção de cianobactérias e microcontaminantes orgânicos por meio de técnicas de tratamento de água para consumo humano. Rio de Janeiro: ABES. p.504, 2006.

MOREIRA, T. R.; SANTOS, A. R.; DALFI, R. L.; CAMPOS, R. F.; SANTOS, G. A, EUGENIO, F. C. Confronto do uso e ocupação da terra em Apps no município de Muqui, ES. Floresta e Ambiente, Rio de Janeiro, v.22, n.2, p.141-152, 2015. Disponível: <http://dx.doi.org/10.1590/2179-8087.019012> Acesso em 23 de maio de 2020.

OLIVEIRA, A. K. G.; SOUZA, L.; Alteração Das Concentrações De Nitrogênio E Fósforo Na Bacia Do Rio Apodi-mossoró Em Função Dos Efeitos Da Estiagem E Espacialidade. Revista Química: ciência, tecnologia e sociedade. Vol. 4, No. 1, 2015.

OLIVEIRA-FILHO, E.C.; CAIXETA, N.R.; SIMPLICIO, N.C.S.; SOUSA, S.R.; ARAGÃO, T.P.; MUNIZ, D.H.F. Implications of water hardness in ecotoxicological assessments for water quality regulatory purposes: a case study with the aquatic snail Biomphalaria glabrata (Say, 1818). Brazilian Journal of Biology, v. 74, p. 175-180. 2014.

RESCHILIAN, P.R., BEVILACQUA, A.F. A bacia hidrográfica como unidade territorial de planejamento e desenvolvimento sustentável -VI Encontro Nacional da Anppas- Belém, 2012.

ROCHA, Diego Henrique Nascimento da. Avaliação da demanda química de oxigênio (DQO) em corpos hídricos cearenses. 2015. 24 f. Monografia (Graduação em Química) - Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2015.

SANTOS J. V & FERREIRA R. C; Planejamento Ambiental. Instituto Federal De Educação, Ciência E Tecnologia – Paraná, 2011.
SANTOS, R. F. Planejamento Ambiental: teoria e prática. São Paulo: Oficina de Textos, 2004.
SCHUSSEL, Z.; NASCIMENTO NETO, P. Gestão por bacias hidrográficas: do debate teórico à gestão municipal. Ambiente & Sociedade. São Paulo, v. XVIII, n. 3. p. 137-152, 2015.

SILVA, A. E. P. et al. Influência da precipitação na qualidade da água do Rio Purus. Acta Amaz., Manaus, v. 38, n. 4, p. 733-742, Dec. 2008.

Publicado

2020-09-15

Como Citar

Chagas, D., Da Silva Caciano Lima, A. P., & Mendonça Felici, E. . (2020). ANÁLISE DE PARAMETROS FISICO-QUIMICOS DA ÁGUA DA MICROBACIA SÃO JORGE, TARABAI-SP . Colloquium Exactarum. ISSN: 2178-8332, 12(1), 86-94. Recuperado de http://journal.unoeste.br/index.php/ce/article/view/3581