AVALIAÇÃO DISTRIBUIÇÃO MITOCONDRIAL NA MATURAÇÃO IN VITRO DE OÓCITOS BOVINOS DE OVÁRIOS COM BAIXA E ALTA CONTAGEM DE FOLÍCULOS ANTRAIS.

  • Letícia Zamberlan Pistillo Universidade do Oeste Paulista - UNOESTE
  • Adriano Felipe Mendes Universidade do Oeste Paulista - UNOESTE
  • Eder Pinatti Universidade do Oeste Paulista - UNOESTE
  • Janaina Cristina Medeiros Fonseca Universidade do Oeste Paulista - UNOESTE
  • Leandro Francisco da Silva Universidade do Oeste Paulista - UNOESTE
  • Mila Christeen Barbosa de Lima Universidade do Oeste Paulista - UNOESTE
  • Wellington Ribeiro Martins Universidade do Oeste Paulista - UNOESTE
  • Caliê Castilho Universidade do Oeste Paulista - UNOESTE
  • Sheila Merlo Garcia Firetti UNOESTE
Palavras-chave: bos indicus; bos taurus; fêmeas; mitocôndria; produção in vitro de embriões.

Resumo

A Produção in vitro de embriões (PIVE) depende das etapas de maturação, fertilização e cultivo in vitro, sendo a maturação a etapa decisiva para o oócito atingir o estádio de mórula e blastocisto. Neste trabalho objetivou-se avaliar a qualidade de maturação in vitro, de acordo com a distribuição mitocondrial de oócitos provenientes de ovários de fêmeas de abatedouro, com baixa ou alta contagem de folículos antrais (CFA). Foram aspirados 243 ovários dos quais selecionou-se 334 oócitos perante de cinco repetições para cada grupo. Os ovários foram separados em dois grupos: 1- baixa CFA (n=19), 2- alta CFA (n= 53) e os oócitos recuperados corados com a sonda MitoTracker Red. Os dados obtidos foram analisados pelo teste não paramétrico exato de Fisher (α=5%) mediante o software Statistical Analysis System for Windows (SAS Inst., Inc., Cary, NC). Em relação a localização das mitocôndrias o presente trabalho apresentou diferenças (p<0,001) entre oócitos imaturos e maturados, o que é desejável. Oócitos maturados apresentaram maior porcentagem de mitocôndrias dispersas no citoplasma e oócitos imaturos na periferia, independente do grupo experimental (baixa e alta CFA). Em oócitos imaturos, não houve diferença (p=0,1542) na localização das mitocôndrias entre os grupos baixa e alta CFA. No entanto, o grupo baixa CFA, após a maturação, apresentou menor quantidade de oócitos com mitocôndrias na periferia em relação aos de alta CFA (p = 0,0355), indicando melhor aquisição de competência desses oócitos para PIVE.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2019-11-28
Como Citar
Zamberlan Pistillo, L., Felipe Mendes, A., Pinatti, E., Cristina Medeiros Fonseca, J., Francisco da Silva, L., Christeen Barbosa de Lima, M., Ribeiro Martins, W., Castilho, C., & Firetti, S. M. G. (2019). AVALIAÇÃO DISTRIBUIÇÃO MITOCONDRIAL NA MATURAÇÃO IN VITRO DE OÓCITOS BOVINOS DE OVÁRIOS COM BAIXA E ALTA CONTAGEM DE FOLÍCULOS ANTRAIS. Colloquium Agrariae. ISSN: 1809-8215, 15(6), 97-103. Recuperado de http://journal.unoeste.br/index.php/ca/article/view/3334