UTILIZAÇÃO DE TORTA DE FILTRO COMO SUBSTRATO PARA A PRODUÇÃO DE MUDAS DE HORTALIÇAS

Autores

  • Ana Cláudia Pacheco Santos UNOESTE
  • Pedro Veridiano Baldotto UNOESTE
  • Patrícia Angélica Alves Marques UNOESTE
  • Wilson Luis Domingues UNOESTE
  • Hudson Leonardo Pereira UNOESTE

Resumo

Verificou-se o uso potencial do composto orgânico torta de filtro (um resíduo da indústria canavieira) como substrato para a produção de mudas de hortaliças. Sementes de pepino, tomate e repolho foram plantadas em bandejas de polipropileno expandido nos seguintes meios de enraizamento: Plantimax, Bioterra e torta de filtro acrescida de nutrientes (adubo SPS). Aos 22 dias após a semeadura foram avaliados parâmetros fisiológicos das mudas relacionados ao crescimento, tais como: número e comprimento total de raízes, peso de matéria seca da parte aérea e peso de matéria seca das raízes. O substrato torta de filtro apresentou melhores resultados em relação aos outros dois substratos comerciais testados, em termos absolutos. Desta forma, o uso da torta de filtro como substrato para a produção de mudas de hortaliças se caracteriza como uma alternativa viável.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2006-12-07

Como Citar

Santos, A. C. P., Baldotto, P. V., Marques, P. A. A., Domingues, W. L., & Pereira, H. L. (2006). UTILIZAÇÃO DE TORTA DE FILTRO COMO SUBSTRATO PARA A PRODUÇÃO DE MUDAS DE HORTALIÇAS. Colloquium Agrariae. ISSN: 1809-8215, 1(2), 01–05. Recuperado de https://journal.unoeste.br/index.php/ca/article/view/94