PRODUTIVIDADE DA SOJA EM RESPOSTA Á INOCULAÇÃO PADRÃO E CO-INOCULAÇÃO

Autores

  • Ivana Marino Bárbaro APTA - SAA
  • Paula Cristiane Machado UNIFEB
  • Laerte Souza Bárbaro Junior FCAV/UNESP
  • Marcelo Ticelli APTA-SAA
  • Fernando Bergantini Miguel APTA-SAA
  • José Antonio Alberto da Silva APTA-SAA

Palavras-chave:

Glycine max L., bactérias diazotróficas, inoculação mista, rendimento

Resumo

Objetivou-se avaliar a eficiência da co-inoculação de Azospirillum brasilense juntamente com Bradyrhizobium na cultura da soja, visando incrementar a produtividade, através da otimização da fixação biológica do nitrogênio, bem como, testar duas formulações de inoculantes a base de A. brasilense: suporte líquido e turfoso. O ensaio foi instalado em novembro de 2007, em Colina-SP, fazendo-se uso de sementes da cultivar MG BR 46 (Conquista). O delineamento experimental foi o de blocos completos casualizados, com 4 repetições. As parcelas experimentais foram constituídas por 6 linhas de 4 m de comprimento, com espaçamento entrelinhas de 0,50 m. No início do florescimento, foram determinados os parâmetros: número de nódulos, massa seca nodular, massa seca radicular e da parte aérea, através da coleta de 10 plantas/parcela, nas duas linhas laterais após as linhas tidas como bordaduras. A colheita foi realizada manualmente, na área útil da parcela, sendo estimada a produtividade de grãos em kg/ha, após obtenção da massa de grãos por parcela, determinando-se o teor de água, calculado em 13% de base úmida. Além disso, avaliou-se a massa de mil sementes/parcela, em gramas. De modo geral, houve efeito positivo da co-inoculação para a cultura no rendimento e peso de mil grãos. O trabalho sugere quão importante é dar continuidade a pesquisa envolvendo co-inoculação em soja como alternativa mundial sustentável e econômica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ivana Marino Bárbaro, APTA - SAA

Pesquisadora Científica Doutora em Genética e Melhoramento de Plantas - APTA - Agencia Paulista de Tecnologia dos Agronegócios - Pólo Experimental da Alta Mogiana, Colina-SP.

Paula Cristiane Machado, UNIFEB

Agronomanda do Centro Universitário da Fundação Educacional de Barretos, Barretos-SP.

Laerte Souza Bárbaro Junior, FCAV/UNESP

Pós-graduando do Departamento de Produção Vegetal da Faculdade de Ciencias Agrárias e Veterinárias, Unesp de Jaboticabal-SP

Marcelo Ticelli, APTA-SAA

Pesquisador Científico da APTA - Agencia Paulista de Tecnologia dos Agronegócios - Pólo Experimental da Alta Mogiana, Colina-SP.

Fernando Bergantini Miguel, APTA-SAA

Pesquisador Científico da Agencia Paulista de Tecnologia dos Agronegócios - Pólo Experimental da Alta Mogiana, Colina-SP.

José Antonio Alberto da Silva, APTA-SAA

Pesquisador Científico da Agencia Paulista de Tecnologia dos Agronegócios - Pólo Experimental da Alta Mogiana, Colina-SP.

Downloads

Publicado

2011-04-01

Como Citar

Bárbaro, I. M., Machado, P. C., Bárbaro Junior, L. S., Ticelli, M., Miguel, F. B., & da Silva, J. A. A. (2011). PRODUTIVIDADE DA SOJA EM RESPOSTA Á INOCULAÇÃO PADRÃO E CO-INOCULAÇÃO. Colloquium Agrariae. ISSN: 1809-8215, 5(1), 01–07. Recuperado de https://journal.unoeste.br/index.php/ca/article/view/372

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)