EFEITO DA TÉCNICA DE CONTRASTE SOBRE A CONCENTRAÇÃO PLASMÁTICA DE LACTATO DURANTE A RECUPERAÇÃO PÓS-ESFORÇO

Autores

  • Heliard Rodrigues dos Santos Caetano
  • Guilherme Oliveira Martins de Lima
  • Guilherme Akio Tamura Ozaki
  • Francis Lopes Pacagnelli
  • Robson Chacon Castoldi
  • Everton Alex Carvalho Zanuto

Palavras-chave:

exercício, teste de esforço, ácido láctico, imersão, crioterapia

Resumo

O objetivo do estudo foi analisar a técnica de contraste sobre a concentração plasmática de lactato durante a recuperação pós-exercício de atletas de voleibol. Foram voluntárias deste estudo 18 jogadoras de voleibol, com idade entre 17 e 18 anos, distribuídas de forma aleatória em dois grupos, sendo estes: Grupo controle (GC) e Grupo Tratado (GT). O GC foi submetido a um protocolo de indução à hiperlactacidemia e, após este processo, permaneceram sentadas em durante 25 min. O GT passou pelo mesmo protocolo, porém, foram submetidas ao tratamento de contraste por 16 min. Observou-se nos grupos GC e GT os respectivos valores de lactato nos momentos repouso, PÓS-5, PÓS-15 e PÓS-25 min de esforço: 1,97±0,3 vs 1,63±0,6 mmol/L; 8,75±1,5 vs 7,35±4,1 mmol/L; 8,53±1,6 vs 5,3±1,9 mmol/L e 6,87±2,1 mmol/L vs 3,33±1,47 mmol/L. Conclui-se que a técnica de contraste se mostrou eficiente para a remoção do lactato em jogadoras de voleibol.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Publicado

2018-04-03

Como Citar

Rodrigues dos Santos Caetano, H., Oliveira Martins de Lima, G., Akio Tamura Ozaki, G., Lopes Pacagnelli, F., Chacon Castoldi, R., & Alex Carvalho Zanuto, E. (2018). EFEITO DA TÉCNICA DE CONTRASTE SOBRE A CONCENTRAÇÃO PLASMÁTICA DE LACTATO DURANTE A RECUPERAÇÃO PÓS-ESFORÇO. Colloquium Vitae. ISSN: 1984-6436, 9(3), 24-30. Recuperado de http://journal.unoeste.br/index.php/cv/article/view/2239

Edição

Seção

Artigos Originais

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##

1 2 > >>