QUALIDADE FISIOLÓGICA DE SEMENTES DE PIMENTA BIQUINHO OBTIDAS DE FRUTOS COM DIFERENTES GRAUS DE MATURAÇÃO E SUBMETIDAS A CONDIÇÕES TÉRMICAS

  • Patrícia Cristina do Carmo Oliveira UNIMONTES
  • Andréia Márcia Santos de Souza David UNIMONTES
  • Diego Raphael Rodrigues Botelho UNIMONTES
  • Danúbia Aparecida Costa Nobre UNIMONTES
  • Hugo Tiago Ribeiro Amaro UNIMONTES
  • Maria das Dores Cruz Souza UNIMONTES
  • Cleisson Dener da Silva Universidade Estadual de Montes Claros
Palavras-chave: Capsicum chinense, colheita, germinação, vigor

Resumo

O objetivo deste estudo foi avaliar estádios de maturação do fruto e temperaturas na qualidade fisiológica de sementes de pimenta biquinho. Dois experimentos foram conduzidos, no primeiro, os frutos foram colhidos em diferentes estádios de maturação: frutos de coloração verde, alaranjado, vermelho, vermelho intenso e vermelho intenso e murchos. Das sementes extraídas determinou-se o teor de água e avaliou-se a qualidade fisiológica por meio dos testes de germinação e vigor (primeira contagem de germinação, emergência de plântulas, índice de velocidade de emergência, comprimento, matéria fresca e seca de plântulas). No segundo experimento, as sementes provenientes de frutos vermelhos e vermelho intenso e murchos foram submetidas a diferentes condições de temperaturas: constante (20, 25 e 30 °C) e alternada (20-30 °C), e novamente avaliadas pelos testes de germinação e vigor. A qualidade fisiológica das sementes de pimenta biquinho é máxima quando os frutos são colhidos com a coloração vermelho intenso e/ou vermelho intenso e murcho e, as temperaturas constantes de 25 e 30 °C são as mais adequadas para avaliação da qualidade fisiológica de sementes.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ABUD, H.F.; ARAÚJO, E.F.; ARAÚJO, R.F.; ARAÚJO, A.V.; PINTO, C.M.F. Qualidade fisiológica de sementes das pimentas malagueta e biquinho durante a ontogênese. Pesquisa Agropecuária Brasileira, v.48, n.12, p.1546-1554, 2013. https://doi.org/10.1590/S0100-204X2013001200003

BEWELEY, J.D.; BLACK, M. Seeds: physiology of development and germination. 2. ed. New York: Plenum, 1994. 445p. https://doi.org/10.1007/978-1-4899-1002-8_9

BORGES, E.E.L.; RENA, A.B. Germinação de sementes. In: AGUIAR, I.B.; PIÑA-RODRIGUES, F.C.M.; FIGLIOLA, M.B. Sementes florestais tropicais. Brasília, DF: Associação Brasileira de Tecnologia de Sementes, 1993. p. 83-135.

BRASIL. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Portaria nº 111, de 4 de setembro de 2012. Estabelece os padrões de identidade e qualidade para a produção e a comercialização de sementes de espécies olerícolas, condimentares, medicinais e aromáticas, disposto em anexo. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, 5 set. 2012. Seção 1, p.3‑4.

BRASIL. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Regras para análise de sementes. Brasília: Mapa/ACS, 2009. 395p.

CAIXETA, F.; VON PINHO, E.V.R.; GUIMARÃES, R.M.; PEREIRA, P.H.A.R.; CATÃO, H.C.R.M.; CLEMENTE, A.C.S. Determinação do ponto de colheita na produção de sementes de pimenta malagueta e alterações bioquímicas durante o armazenamento e a germinação. Revista Científica, v.42, n.2, p.187-197, 2014. https://doi.org/10.15361/1984-5529.2014v42n2p187-197

CARVALHO, N.M.; NAKAGAWA, J. Sementes: ciência, tecnologia e produção. 5. ed. Jaboticabal: FUNEP, 2012. 590p.

CARVALHO, S.I.C.; BIANCHETTI, L.B; RIBEIRO, C.S.C.; LOPES, C.A. Pimentas do gênero Capsicum no Brasil. Brasília: Embrapa Hortaliças, 2006. (Documentos, 94)

GOMES, G.P.; DAMASCENO JUNIOR, C.V.; COSTA, D.S.; QUEIROZ, R.A.; BABA, V.Y.; TAKAHASHI, L.S.A.; GONÇALVES, L.S.A. Época de colheita dos frutos e potencial fisiológico das sementes de pimenta ‘dedo-de-moça BRS Mari’. Semina: Ciências Agrárias, v.38, n.6, p.3897-3906, 2017. https://doi.org/10.5433/1679-0359.2017v38n6p3897

JUSTINO, E.V.; AMARAL-LOPES, A.C.; NASCIMENTO, W.M. Efeito da maturação e do armazenamento na qualidade fisiológica de sementes de pimenta BRS Mari. Horticultura Brasileira, v.28, n.2, p.4347-4353, 2010.

LAKSHMANAN, V.; BERKE, T.G. Lack of primary seed dormancy in pepper (Capsicum spp.). Capsicum and Eggplant Newsletter, v.17, n.1, p.72-75, 1998.

LEPRINCE, O.; BUITINK, J. Desiccation tolerance: from genomics to the field. Plant Science, v.179, n.6, p.554-564, 2010. https://doi.org/10.1016/j.plantsci.2010.02.011

LIMA, C.R.; PACHECO, M.V.; BRUNO, R.L.A.; FERRARIA, C.S.; BRAGA JÚNIOR, J.M.; BEZERRA, A.K.D. Temperaturas e substratos na germinação de sementes de Caesalpinia pyramidalis Tul. Revista Brasileira de Sementes, v.33, n.2, p.216-222, 2011. http://dx.doi.org/10.1590/S0101-31222011000200003

MAGUIRE, J.A. Speed of germination: aid in selection and evaluation for seedling emergence and vigor. Crop Science, v.2, p.176-177, 1962. https://doi.org/10.2135/cropsci1962.0011183X000200020033x

MOREIRA, G.R.; CALIMAN, F.R.B.; SILVA, D.J.H.; COSTA, C.S. Espécies e variedades de pimenta. Informe Agropecuário, v.27, n.235, p.16-29, 2006.

MUNIZZI, A.; BRACCINI, A.L.; RANGEL, M.A.S.; SCAPIM, C.A.; ALBRECHT, L.P. Qualidade de sementes de quatro cultivares de soja, colhidas em dois locais no estado de Mato Grosso do Sul. Revista Brasileira de Sementes, v.32, n.1, p.176-185, 2010. http://dx.doi.org/10.1590/S0101-31222010000100020

NASCIMENTO, W.M.; DIAS, D.C.F.S.; FREITAS, R.A. Produção de sementes de pimentas. Informe Agropecuário, v.27, n.235, p.30-39, 2006.

PACHECO, M.V.; MATTEI, V.L.; MATOS, V.P.; SENA, L.H.M. Germination and vigor of Dimorphandra mollis Benth. seeds under different temperatures and substrates. Revista Árvore, v.34, n.2, p.205-213, 2010. http://dx.doi.org/10.1590/S0100-67622010000200002

PEREIRA, F.E.C.B.; TORRES, S.S.; LIMA SILVA, M.I.L.; GRANGEIRO, L.C.; BENEDITO, C.P. Qualidade fisiológica de sementes de pimenta em função da idade e do tempo de repouso pós-colheita dos frutos. Revista Ciência Agronômica, v.45, n.4, p.737-744, 2014. https://doi.org/10.1590/S1806-66902014000400011

QUEIROZ, L.A.F. Estádio de maturação e secagem na qualidade fisiológica de sementes de pimenta habanero yellow (Capsicum chinense Jacquin) e malagueta (Capsicum frutescens L.). 2009. Tese (Doutorado em Fitotecnia) – Departamento de Agricultura, Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2009.

RUIZ, M.B.; PARERA, C.A. Effect of harvesting time on seed quality of two bell pepper cultivars (Capsicum annuum). Revista de la Facultad de Ciencias Agrarias, v.49, n.2, p.67-77, 2017.

SILVA, R.F.; ARAÚJO, E.F.; VIGGIANO, J. Extração de sementes de frutos carnosos de hortaliças. In: NASCIMENTO, W.M. Tecnologia de sementes de hortaliças. Brasília, DF: Embrapa Hortaliças, 2009. p. 77-102.

TEIXEIRA, S.B.; COCCO, K.S.T.; CELENTE, A.M.; DELIAS, D.S.; REOLON, F.; MORAES, D.M. Efeito da temperatura sobre a germinação e crescimento inicial de sementes de Capsicum frutescens (L.). Revista Verde de Agroecologia e Desenvolvimento Sustentável, v.13, n.1, p.58-65, 2018. http://dx.doi.org/10.18378/rvads.v13i1.5026

TOKUHISA, D.; DIAS, D.C.F.S.; ALVARENGA, E.M.; DIAS, L.A.S.; MARIN, S.L.D. Época de colheita dos frutos e ocorrência de dormência em sementes de mamão (Carica papaya L.). Revista Brasileira de Sementes, v.30, n.2, p.75-80, 2008. http://dx.doi.org/10.1590/S0101-31222008000200010

VIDIGAL, D.S.; SANTOS, D.C.F.; VON PINHO, E.V.R.; DIAS, L.A.S. Alterações fisiológicas e enzimáticas durante a maturação de sementes de pimenta (Capsicum annuum L). Revista Brasileira de Sementes, v.31, n.2, p.129-136, 2009. http://dx.doi.org/10.1590/S0101-31222009000200015

Publicado
2019-06-06
Como Citar
Cristina do Carmo Oliveira, P., Márcia Santos de Souza David, A., Raphael Rodrigues Botelho, D., Aparecida Costa Nobre, D., Tiago Ribeiro Amaro, H., das Dores Cruz Souza, M., & da Silva, C. D. (2019). QUALIDADE FISIOLÓGICA DE SEMENTES DE PIMENTA BIQUINHO OBTIDAS DE FRUTOS COM DIFERENTES GRAUS DE MATURAÇÃO E SUBMETIDAS A CONDIÇÕES TÉRMICAS. Colloquium Agrariae. ISSN: 1809-8215, 15(3), 49-57. Recuperado de http://journal.unoeste.br/index.php/ca/article/view/2601