ANÁLISE DE LESÕES DESPORTIVAS EM JOVENS PRATICANTES DE FUTSAL

  • Franciele Marques Vanderlei UNESP
  • Fábio do Nascimento Bastos UEL
  • Rubens Vinicius Caversan Vidal UNESP
  • Luiz Carlos Marques Vanderlei FCT - UNESP, Pres. Prudente
  • Jayme Netto Júnior UNESP
  • Carlos Marcelo Pastre UNESP
Palavras-chave: criança, adolescente, traumatismos em atletas, fatores de risco

Resumo

Objetivos: caracterizar as lesões desportivas (LD) e explorar fatores de risco para a sua instalação em jovens praticantes de futsal. Materiais e Métodos: foram coletados dados de 86 jovens praticantes de futsal, a partir da aplicação de um Inquérito de Morbidade Referida (IMR) adaptado para as características da modalidade, com solicitações das informações retroativas à temporada corrente, ou seja, aproximadamente 12 meses. O IMR continha dados antropométricos e de treinamento dos jogadores, que constituíram os fatores de risco analisados, além de informações sobre as LD como local anatômico, mecanismo, momento, gravidade, retorno às atividades normais e recidivas. Para a análise estatística, utilizou-se o teste t de Student para as variáveis contínuas ou Mann Whitney para variáveis discretas, além de estatística descritiva e as conclusões foram discutidas considerando 5% de significância estatística. Resultados: os locais anatômicos mais acometidos foram os membros inferiores, com o mecanismo de instalação da lesão mais frequente sendo o sem contato. As lesões aconteceram principalmente durante os treinamentos e foram de gravidade leve. Além disso, 62,5% dos atletas voltaram às atividades normais assintomáticos e 62,5% das lesões não foram consideradas recidivas. Com relação aos fatores de risco não houve diferença estatística entre os atletas acometidos e não acometidos por lesões. Conclusão: conclui-se que jovens jogadores de futsal apresentam maior frequência de lesões nos membros inferiores, pelo mecanismo sem contato, durante os treinamentos, de gravidade leve, com retorno assintomático e não recidivantes. Não foi observado nenhum fator de risco para o surgimento de LD.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2011-08-17
Como Citar
Vanderlei, F. M., Bastos, F. do N., Vidal, R. V. C., Vanderlei, L. C. M., Netto Júnior, J., & Pastre, C. M. (2011). ANÁLISE DE LESÕES DESPORTIVAS EM JOVENS PRATICANTES DE FUTSAL. Colloquium Vitae. ISSN: 1984-6436, 2(2), 39-43. Recuperado de http://journal.unoeste.br/index.php/cv/article/view/540

Outros artigos do(s) mesmo(s) autor(es)