CONSUMO DE ESTEROIDES ANABOLIZANTES POR PRATICANTES DE EXERCÍCIOS FÍSICOS EM ACADEMIAS DE PRESIDENTE PRUDENTE

  • Rafael Dias Montanher
  • Robson Chacon Castoldi
  • Carlos Augusto de Carvalho Filho
  • Ariovaldo de Souza Ribeiro
  • Adriana Junqueira
Palavras-chave: recursos ergogênicos, atletas, treinamento de resistência, estética, doping

Resumo

O uso indiscriminado de esteroides androgênicos anabolizantes (EAAs), suplementos alimentares (SAs) e termogênicos estão entre os fármacos mais procurados para obter um estereótipo de corpo perfeito. O presente estudo objetivou sinalizar a prevalência do uso de EAAs entre os praticantes de atividade física de academias de Presidente Prudente. Foi criado um questionário semiestruturado, autoaplicável e anônimo para obter os respectivos dados, 120 questionários foram respondidos, no intervalo de 1 semana, onde a frequência das respostas caracterizaram que 76,7% dos entrevistados está fazendo uso de alguma substância ergogênica, 10% relatou uso de esteroides anabolizantes, 22,5% termogênicos e 44,2% suplementos alimentares, com prevalência para o sexo masculino. Esses dados demonstram que os EAA são uma realidade nas academias da cidade de Presidente Prudente/SP. São usados entre pessoas com maior grau de instrução, jovens e do sexo masculino.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2018-05-11
Como Citar
Dias Montanher, R., Chacon Castoldi, R., Augusto de Carvalho Filho, C., de Souza Ribeiro, A., & Junqueira, A. (2018). CONSUMO DE ESTEROIDES ANABOLIZANTES POR PRATICANTES DE EXERCÍCIOS FÍSICOS EM ACADEMIAS DE PRESIDENTE PRUDENTE. Colloquium Vitae. ISSN: 1984-6436, 10(1), 16-21. Recuperado de http://journal.unoeste.br/index.php/cv/article/view/2307
Seção
Artigos Originais

Outros artigos do(s) mesmo(s) autor(es)