AVALIAÇÃO MICROBIOLÓGICA E PARASITOLÓGICA DE PRODUTOS MINIMAMENTE PROCESSADOS NO MUNICÍPIO DE PRESIDENTE PRUDENTE - SP

Autores

  • Marcela de Andrade Bernal Fagiani universidade do oeste paulista (Unoeste)
  • Karen Natsumi Togawa universidade do oeste paulista (Unoeste)
  • Telma Reginato Martins universidade do oeste paulista (Unoeste)
  • Nair Toshiko Tashima universidade do oeste paulista (Unoeste)
  • Fernanda Leli Dillio universidade do oeste paulista (Unoeste)
  • Pedro Henrique Nahas Chagas universidade do oeste paulista (Unoeste)
  • Maria Aparecida da Silva universidade do oeste paulista (Unoeste0

Palavras-chave:

análise de alimentos, higiene de alimentos, produtos vegetais, doenças transmitidas por alimentos

Resumo

Atualmente, há uma grande preocupação da população em relação à saúde, buscando melhorá-la por meio de uma alimentação equilibrada e variada incluindo frutas e hortaliças. Para facilitar as preparações é possível optar pelos alimentos minimamente processados, que podem afetar a saúde se forem mal manipulados. O objetivo desse estudo foi desenvolver uma avaliação parasitológica e microbiológica dos minimamente processados que podem ser consumidos sem cozimento no município de Presidente Prudente. Os microrganismos pesquisados foram Salmonela sp, coliformes a 35ºC, coliformes a 45°C/g e E. coli e bolores e leveduras. Foram utilizados os métodos de Faust e Hoffman, mediante análise do sedimento obtido após lavagem das amostras em solução de detergente neutro (0,5%) recém-preparada em solução fisiológica a 0,9%.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marcela de Andrade Bernal Fagiani, universidade do oeste paulista (Unoeste)

Bacharel em nutrição pela universidade do oeste paulista (Unoeste). Pós graduando em residência multiprofissional em urgência e trauma pelo hospital regional de presidente prudente em parceria com a universidade do oeste paulista, tendo duração até março de 2017.

Karen Natsumi Togawa, universidade do oeste paulista (Unoeste)

Bacharel em nutrição pela universidade do oeste paulista (Unoeste)

Telma Reginato Martins, universidade do oeste paulista (Unoeste)

Titulação: DOUTOR Graduação(ões): Farmácia - (Bacharel) Ciências biológicas - (Licenciatura) Biologia - (Bacharel)

Nair Toshiko Tashima, universidade do oeste paulista (Unoeste)

Titulação: DOUTOR Graduação(ões): Farmácia bioquímica - (Bacharel)

Fernanda Leli Dillio, universidade do oeste paulista (Unoeste)

Graduação em Medicina

Pedro Henrique Nahas Chagas, universidade do oeste paulista (Unoeste)

Graduação em medicina

Maria Aparecida da Silva, universidade do oeste paulista (Unoeste0

Titulação: DOUTOR Graduação(ões): Farmácia bioquímica - (Bacharel)

Publicado

2018-01-17

Como Citar

Fagiani, M. de A. B., Togawa, K. N., Martins, T. R., Tashima, N. T., Dillio, F. L., Chagas, P. H. N., & Silva, M. A. da. (2018). AVALIAÇÃO MICROBIOLÓGICA E PARASITOLÓGICA DE PRODUTOS MINIMAMENTE PROCESSADOS NO MUNICÍPIO DE PRESIDENTE PRUDENTE - SP. Colloquium Vitae. ISSN: 1984-6436, 9(2), 17-21. Recuperado de http://journal.unoeste.br/index.php/cv/article/view/1704

Edição

Seção

Artigos Originais

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##