RESÍDUOS URBANOS E SAÚDE AMBIENTAL: UMA ABORDAGEM HISTÓRICA NO MUNICÍPIO DE PRESIDENTE PRUDENTE-SP

Autores

  • Edilene Mayumi Murashita Takenaka unoeste

Palavras-chave:

Resíduos sólidos, Meio ambiente, Gerenciamento, Urbanização

Resumo

O processo de urbanização crescente trouxe uma nova realidade envolvendo a geração e a adequada disposição de resíduos sólidos. Tal aspecto é muito comum a vários municípios brasileiros e Presidente Prudente-SP encontra-se em meio a essa questão. O presente trabalho tem como objetivo mostrar a maneira encontrada pela administração pública municipal para gerenciar a disposição desses resíduos no período entre 1923 a 2020. Para tanto, a metodologia utilizada foi o levantamento de dados a partir da documentação direta e indireta, bem como a adoção da técnica da observação direta intensiva e entrevistas realizadas junto a órgãos públicos municipais. Conclui-se  que a administração pública municipal tem um longo caminho a percorrer e ações a realizar para chegar a uma forma de gerenciamento que propicie um mínimo de danos à saúde ambiental do município.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

AMORIM, M. C. de C. T. Análise ambiental e qualidade de vida em Presidente Prudente-SP. 1993. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Faculdade de Ciências e Tecnologia, Universidade Estadual Paulista, Presidente Prudente, 1993.

ARANA, A. R. A.; TAKENAKA, E. M. Economia solidária e meio ambiente: Ações sociais na coleta seletiva de Presidente Prudente - SP. Semioses, Rio de Janeiro, v. 10, p. 1-12, 2016 https://doi.org/10.15202/1981996X.2016v10n2p1

D’ALMEIDA, M. L. O.; VILHENA, A. (coord.) Lixo municipal: manual de gerenciamento integrado. 2ª ed. São Paulo: IPT/CEMPRE, 2000. – (Publicação IPT 2622).

DEÁK, C. & SCHIFFER, S. R. (Orgs.). O processo de Urbanização no Brasil. 1. ed., São Paulo: EDUSP, 1999.

EIGENHEER, E. M. Lixo e vanitas: considerações de um observador de resíduos. 1999. Tese (Doutorado em Educação). Faculdade de Educação, Universidade Federal Fluminense, Niterói, 1999.

IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – Pesquisa de informações básicas municipais: perfil dos municípios brasileiros. Gestão pública-2006. Rio de Janeiro, 2007.

LEAL, A. C. (coord.). Educação ambiental e o gerenciamento integrado de resíduos sólidos em Presidente Prudente-SP: desenvolvimento de metodologias para coleta seletiva, beneficiamento do lixo e organização do trabalho. Presidente Prudente: UNESP/FAPESP. Relatório Científico, Fase I, 2002.

LIMA, J. D. de. Gestão de resíduos sólidos urbanos no Brasil. Rio de Janeiro: ABES, 2001.

MAGERA, M. Os empresários do lixo: um paradoxo da modernidade. Campinas: Átomo, 2003.

MAZZINI, E. J. T. De lixo em lixo em Presidente Prudente (SP): Novas áreas velhos problemas. 1997. Trabalho de conclusão de curso (Graduação em Geografia) - Faculdade de Ciências e Tecnologia, Universidade Estadual Paulista, Presidente Prudente, 1997.

MILESKI, M. M. Qualidade de vida nas proximidades das antigas e atuais áreas de disposição final de resíduos sólidos em Presidente Prudente-SP. 2006. 195p. Trabalho de conclusão de curso (Graduação em Geografia) - Faculdade de Ciências e Tecnologia, Universidade Estadual Paulista, Presidente Prudente, 2006.

OJIMA, Ricardo. Dimensões da urbanização dispersa e proposta metodológica para estudos comparativos: uma abordagem socioespacial em aglomerações urbanas brasileiras. Rev. bras. estud. popul., São Paulo, v. 24, n. 2, Dec. 2007 https://doi.org/10.1590/S0102-30982007000200007

OLIVEIRA, A. S. D. de. Método para viabilização da implantação de plano de gerenciamento integrado de resíduos sólidos: o caso do município do Rio Grande-RS. 2002. 230p. Tese (Doutorado em Engenharia de Produção) – Engenharia da Produção, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2002

PREFEITURA MUNICIPAL de Presidente Prudente. Relatório Ambiental Preliminar-RAP. Set.1999

SANTOS, M. Por uma geografia nova. São Paulo:HUCITEC, 1996.

________, M. A urbanização brasileira. 1. ed., São Paulo: HUCITEC, 1998.

TAKENAKA, E. M. M. Políticas Públicas de Gerenciamento Integrado de Resíduos

Sólidos Urbanos no Município de Presidente Prudente-SP. Presidente Prudente: FCT,

UNESP, 2008, 232f. Tese (Doutorado) – Faculdade de Ciências e Tecnologia, Universidade

Estadual Paulista, 2008.

TEIXEIRA, B.A. do N. Gestão dos Resíduos sólidos: desafio para as cidades. In CARVALHO, P.F. de & BRAGA, R. (org.) Perspectivas de gestão ambiental em cidades médias. Rio Claro: UNESP-IGCE-Laboratório de Planejamento Municipal-DEPLAN, 2001.

Publicado

2020-12-11

Como Citar

Takenaka, E. M. M. (2020). RESÍDUOS URBANOS E SAÚDE AMBIENTAL: UMA ABORDAGEM HISTÓRICA NO MUNICÍPIO DE PRESIDENTE PRUDENTE-SP. Colloquium Socialis. ISSN: 2526-7035, 4(2), 92-101. Recuperado de http://journal.unoeste.br/index.php/cs/article/view/3852