CONHECIMENTOS E PRÁTICAS DE PROFESSORES QUE ENSINAM MATEMÁTICA NA INFÂNCIA: IMPLICAÇÕES DO ENSINO DE NOVE ANOS

Autores

  • Klinger Teodoro Ciríaco Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" FCT/UNESP

Palavras-chave:

Ensino de Nove Anos. Práticas de Professores. Aprendizagem Matemática.

Resumo

Este artigo relata resultados preliminares de uma Dissertação de Mestrado vinculada ao Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” e tem por objetivo geral uma análise qualitativa sobre as práticas de ensino de Matemática desenvolvidas por professores da rede municipal de ensino de Presidente Prudente (SP). Para tal, foram selecionadas duas escolas de Educação Infantil e Ensino Fundamental (EMEIFs) do município. Esta investigação tem um caráter qualitativo, o que permite ao pesquisador um contato direto com o ambiente investigado na tentativa de que por meio das análises feitas se possa compreender como as políticas de ampliação do Ensino Fundamental refletem na prática pedagógica dos professores que ensinam Matemática na infância. Neste estudo, buscamos compreender como o trabalho com a disciplina esta sendo feito após implementação do ensino de nove anos no período de transição da pré-escola para o 1º ano. Entendemos que a iniciação à Matemática deve ser feita por meio da exploração do pensamento matemático na primeira infância e que cabe ao professor propiciar um ambiente para que a aprendizagem ocorra de maneira pacífica para que não ocorra uma escolarização precoce da criança, o que pode comprometer as características do desenvolvimento infantil. Assim, compreender as possíveis implicações da inclusão de mais um ano no Ensino Fundamental no que se refere ao currículo da Matemática escolar pretende ser as contribuições deste estudo com o intuito de pautarmos uma discussão sobre como a Matemática têm sido abordada no contexto da ampliação do Ensino Fundamental.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Klinger Teodoro Ciríaco, Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" FCT/UNESP

Pedagogo pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS); Mestre em Educação (Educação Matemática) pela Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" FCT/UNESP; Doutorando em Educação (Educação Matemática) pela FCT/UNESP. Durante a Graduação desenvolve projetos de pesquisas e extensão universitária voltados para as práticas de ensino de Matemática nas Séries Iniciais do Ensino Fundamental & Práticas de Numeramento (letramento matemático) em Meios Populares. Atua na área de Educação Matemática e Formação de Professores Polivalentes.

Downloads

Publicado

2013-07-31

Como Citar

Ciríaco, K. T. (2013). CONHECIMENTOS E PRÁTICAS DE PROFESSORES QUE ENSINAM MATEMÁTICA NA INFÂNCIA: IMPLICAÇÕES DO ENSINO DE NOVE ANOS. Colloquium Humanarum. ISSN: 1809-8207, 9(1), 33–42. Recuperado de http://journal.unoeste.br/index.php/ch/article/view/483

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)