A POLÊMICA EM TORNO DA LITERATURA INDIANISTA NO INSTITUTO HISTÓRICO E GEOGRÁFICO BRASILEIRO 1838-1860

Autores

  • THIAGO GRANJA BELIEIRO UNOESTE – Universidade do Oeste Paulista

Palavras-chave:

História, Literatura, Indianismo

Resumo

Este artigo insere-se no campo dos estudos históricos culturais. Assim, a análise histórica é aqui empregada com o objetivo de compreender o fenômeno artístico literário, a saber, o Indianismo Romântico do século XIX. Desse modo, o Indianismo é visto como uma Invenção Histórica, ou seja, é fruto de um trabalho e de um projeto consciente dos escritores no sentido de criação de uma cultura e uma literatura nacional, tendo o índio como figura central. Assim, vai-se analisar o papel do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro nesse processo de Invenção Histórica. O IHGB foi o palco principal de uma acalorada contenda sobre a viabilidade de se escrever uma literatura tendo o índio como figura central, mostrando as diferentes tomadas de posição dos intelectuais do período acerca da Literatura Indianista.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2019-11-20

Como Citar

BELIEIRO, T. G. (2019). A POLÊMICA EM TORNO DA LITERATURA INDIANISTA NO INSTITUTO HISTÓRICO E GEOGRÁFICO BRASILEIRO 1838-1860. Colloquium Humanarum. ISSN: 1809-8207, 16(3), 128–143. Recuperado de http://journal.unoeste.br/index.php/ch/article/view/2790