EDUCAÇÃO AMBIENTAL COMO INSTRUMENTO DE FORMAÇÃO DO SUJEITO ECOLÓGICO

Autores

  • Mário Yudi Takada Universidade do Oeste Paulista – UNOESTE
  • Genivaldo de Souza Santos UNOESTE

Palavras-chave:

Educação Ambiental, Ética, Sujeito Ecológico

Resumo

Este trabalho faz parte do projeto O lócus da Ética na Educação Ambiental desenvolvido junto ao Grupo de Pesquisa Instituição Educacional: Gestão e Organização do Programa de Pós-Graduação stricto senso em Educação da Unoeste. Nos últimos anos, podemos observar as inúmeras catástrofes ambientais e alterações climáticas que vem ocorrendo, estes fatos não são por acaso, mas de acordo com parte da comunidade científica, respostas da natureza diante das agressões provocadas pelo homem. Um dos grandes desafios sociais está relacionado à formação educacional intrinsecamente ligada à formação ética e moral, na medida em que a Ética, desde suas origens gregas até os dias atuais, é o campo do saber humano voltado para a ação humana. Assim sendo, será traçado uma visão panorâmica do quadro atual apontando como um dos caminhos necessários à resolução deste problema a Educação Ambiental, no potencial de transformação social em que pese à formação do Sujeito Ecológico. A pesquisa possui uma abordagem qualitativa de cunho fenomenológico e base hermenêutica, cujo procedimento utilizados foram o levantamento bibliográfico e documental.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2015-06-16

Como Citar

Yudi Takada, M., & Santos, G. de S. (2015). EDUCAÇÃO AMBIENTAL COMO INSTRUMENTO DE FORMAÇÃO DO SUJEITO ECOLÓGICO. Colloquium Humanarum. ISSN: 1809-8207, 12(1), 89–96. Recuperado de http://journal.unoeste.br/index.php/ch/article/view/1275