ESTUDO DAS PROPRIEDADES FOTOELETROQUÍMICAS DO POLI(AZO-BISMARCK BROWN R) OBTIDO POR ELETROPOLIMERIZAÇÃO PARA SENSIBILIZAÇÃO DE CÉLULAS SOLARES

Autores

  • Jessica Crivelaro Pacheco
  • André Olean Oliveira Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” - UNESP
  • Diego Noé David Parra Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” - UNESP
  • Marcos Fernando de Souza Teixeira Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” - UNESP

Resumo

O presente trabalho investiga o comportamento eletroquímico de uma célula solar sensibilizada com azopolímero Bismark Brown R. Esta célula foi desenvolvida a partir da eletropolimerização do corante sobre um substrato de vidro condutor revestido com óxido de estanho dopado com flúor (FTO) por voltametria cíclica. O comportamento fotossensível do filme obtido foi analisado por voltametria cíclica e cronoamperometria na presença de luz pulsada. O poli (azo-Bismarck R) exibiu mudanças reversíveis de condutividade elétrica induzidas pela luz, devido à fotoisomerização do grupo azo. A espectroscopia de impedância eletroquímica também foi realizada sob uma fonte de luz. Esta técnica permitiu avaliar os fenômenos interfaciais existentes no dispositivo fotovoltaico, realizando uma investigação detalhada de suas propriedades fotoeletroquímicas. Uma diminuição da resistência foi observado quando foi indicido a luz sobre a membrana polimérica indicando a transferência de carga para a banda de condução do polímero. Assim, o filme foto-sensível de Bismarck Brown R, apresenta potencial aplicação para dispositivos fotovoltaicos orgânicos avançados, tais como células solares.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2018-12-19

Como Citar

Crivelaro Pacheco, J., Olean Oliveira, A., Noé David Parra, D., & Fernando de Souza Teixeira, M. (2018). ESTUDO DAS PROPRIEDADES FOTOELETROQUÍMICAS DO POLI(AZO-BISMARCK BROWN R) OBTIDO POR ELETROPOLIMERIZAÇÃO PARA SENSIBILIZAÇÃO DE CÉLULAS SOLARES. Colloquium Exactarum. ISSN: 2178-8332, 10(3), 51–65. Recuperado de http://journal.unoeste.br/index.php/ce/article/view/2749