CONTROLE SEMI-ATIVO APLICADO A VIBRAÇÕES EXCESSIVAS DE UMA SUSPENSÃO AUTOMOTIVA

Autores

  • Luiz Gustavo Pereira Roéfero
  • Fábio Roberto Chavarette Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” - UNESP

Resumo

Automóveis são sistemas bem presentes no cotidiano da população, seja para o uso no trabalho ou em atividades de lazer. Dentre os diversos equipamentos presentes em um automóvel, a suspensão é qualificada como uma das mais importantes pois, além de manter a integridade física da estrutura, auxilia na confortabilidade dos passageiros. Neste sentido o dimensionamento desta suspensão e o efeito de amortecimento desempenhado pela mesma deve ser minuciosamente estudado, pois qualquer erro pode acarretar no aparecimento de falhas e acabar levando à perda financeira ou até colocar em risco vidas humanas. Com isso, achou-se interessante o estudo da dinâmica de um Amortecedor Magneto-Reológico em um modelo de suspensão automotiva já proposto na literatura, visando a melhoria de desempenho dinâmico do modelo. Para efetuar esta análise, utilizou-se o método de Runge Kutta de Quarta Ordem visando a aproximação numérica tanto do sistema sem o controle empregado, quanto do modelo já controlado.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Publicado

2018-12-19

Como Citar

Gustavo Pereira Roéfero, L., & Roberto Chavarette, F. (2018). CONTROLE SEMI-ATIVO APLICADO A VIBRAÇÕES EXCESSIVAS DE UMA SUSPENSÃO AUTOMOTIVA. Colloquium Exactarum. ISSN: 2178-8332, 10(3), 16-22. Recuperado de http://journal.unoeste.br/index.php/ce/article/view/2746