INFLUÊNCIA DA ACESSIBILIDADE E EXTERNALIDADE NO MERCADO IMOBILIÁRIO DOS IMÓVEIS URBANOS SITUADOS “ALÉM LINHA” NO MUNICÍPIO DE PRESIDENTE PRUDENTE.

Autores

  • Hudson Matheus Carvalho Santos UNOESTE- UNIVERSIDADE DO OESTE PAULISTA
  • Mayara Cristina de Paula Felipe

Palavras-chave:

Estrada Férrea, Expansão Territorial, Segregação Socioespacial, Acessibilidade, Externalidades.

Resumo

O município de Presidente Prudente teve sua expansão caracterizada pela implantação da estrada férrea Alta Sorocabana. Entretanto, esta expansão territorial assumiu um caráter altamente segregativo, ou seja, para as áreas com topografia mais íngremes destinaram-se as populações de baixo poder aquisitivo, por outro lado, as áreas mais planas foram ocupadas pelas classes que possuíam um poder aquisitivo maior. Diante disso a expansão territorial foi mais intensa a oeste da ferrovia, gerando assim as áreas além-linha (localizadas a leste da Estrada de Ferro Alta Sorocabana), isso se decorreu tanto pelo processo histórico dos baixos investimentos pela prefeitura nessas áreas, como também devido as barreiras psicológicas causadas pela estrada férrea. Nesse sentido, este estudo buscou identificar as influências de fatores como declividade, acessibilidade e infraestrutura no valor do metro quadrado construído da área além-linha.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2016-03-28

Como Citar

Carvalho Santos, H. M., & Cristina de Paula Felipe, M. (2016). INFLUÊNCIA DA ACESSIBILIDADE E EXTERNALIDADE NO MERCADO IMOBILIÁRIO DOS IMÓVEIS URBANOS SITUADOS “ALÉM LINHA” NO MUNICÍPIO DE PRESIDENTE PRUDENTE. Colloquium Exactarum. ISSN: 2178-8332, 7(4), 36–43. Recuperado de http://journal.unoeste.br/index.php/ce/article/view/1462

Edição

Seção

Artigos Originais