ATRIBUTOS DO SOLO EM SISTEMAS DIFERENCIADOS DE USO E MANEJO DO SOLO

  • Ana Carla Stieven UNIVAG CENTRO UNIVERSITÁRIO
  • Willian Mesquita Mendes Instituto Ambiental Base
  • Flavio Wruck EMBRAPA AGROSSILVIPASTORIL
  • Eduardo Guimarães Couto Universidade Federal de Mato Grosso
  • Daniela Tiago da Silva Campos Universidade Federal de Mato Grosso
Palavras-chave: atividade enzimática; microbiologia do solo; sistemas integrados.

Resumo

Sistemas diferentes de uso do solo têm sido propostos e implementados na região centro-oeste do Brasil. Essas novas técnicas garantem a recuperação de áreas degradadas e a potencialização do uso, e por isso têm se tornado cada vez mais frequentes, o que exige conhecimento técnico para confirmar a sua viabilidade. O objetivo deste trabalho foi avaliar os atributos químicos e microbiológicos de uma área sobre Latossolo Vermelho-Amarelo Distrófico com três sistemas de integração lavoura-pecuária-floresta e compará-los com uma área de pasto e floresta nativa, em dois anos de avaliação. As coletas foram realizadas em uma unidade de referência tecnológica da Embrapa Agrossilvipastoril, ao norte do estado de Mato Grosso. As análises microbiológicas do solo foram realizadas com o método de fumigação-incubação para a determinação de carbono da biomassa microbiana e seus derivados; diluição seriada e incubação em meio seletivo para a enumeração de micro-organismos cultiváveis; incubação em substrato seletivo e leitura em espectrofotômetro para as atividades enzimáticas; as características químico-físicas seguiram metodologias convencionais de análises de solo. Os resultados indicaram que as atividades microbiológicas são alteradas de acordo com o período de coleta, onde o primeiro ano apresentou os maiores resultados para a maioria das variáveis. A correlação entre todas as variáveis, coletas e manejos, identificou que os fungos totais são responsáveis pela atividade da maioria das enzimas, além de sofrer influência das variáveis químicas: acidez potencial, matéria orgânica e capacidade de troca de cátions. A correlação dentro de cada ano de avaliação evidenciou a dinâmica das enzimas com relação ao atributo magnésio. Conclui-se que houve maior variação em relação ao período de coleta do que em relação ao manejo adotado, além disso, a condição química tem correlação direta com a presença de fungos totais e atividade das enzimas do solo.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-05-05
Como Citar
Stieven, A. C., Mesquita Mendes, W., Wruck, F., Guimarães Couto, E., & Tiago da Silva Campos, D. (2020). ATRIBUTOS DO SOLO EM SISTEMAS DIFERENCIADOS DE USO E MANEJO DO SOLO. Colloquium Agrariae. ISSN: 1809-8215, 16(2), 1-15. Recuperado de http://journal.unoeste.br/index.php/ca/article/view/3138