COMPOSIÇÃO QUÍMICA DOS ÓLEOS ESSENCIAIS DE Schinus molle E ATIVIDADE ANTIFÚNGICA FRENTE À Sclerotinia sclerotiorum

  • Antonio Carlos Pereira de Menezes Filho Instituto Federal Goiano/Mestrado
  • Wendel Cruvinel de Sousa IF Goiano
Palavras-chave: Aroeira salsa, mofo branco, CG-MS, perfil químico

Resumo

Schinus molle é popularmente conhecida por aroeira-salsa, apresentando aroma nas folhas e galhos. O presente estudo objetivou avaliar a composição química dos óleos essenciais dos galhos e folhas e a atividade antifúngica frente à Sclerotinia sclerotiorum (mofo-branco). Os galhos e folhas foram coletados e processados para extração dos óleos essenciais por hidrodestilação em aparelho de Clevenger. Os rendimentos de extrações dos óleos essenciais, e seus perfis químicos foram avaliados por CG-MS. A atividade antifúngica foi determinada utilizando diferentes concentrações de ambos os óleos essenciais. Como resultados, os rendimentos foram de 0,21 e 0,37%, com cerca de 16 e 21 compostos identificados para os óleos essenciais dos galhos e folhas respectivamente. Os compostos majoritários foram δ-cadieno 21,77%, Viridifloral 21,74, copaeno 12,9% e cariofileno 9,99% para o óleo essencial dos galhos, e para o óleo essencial das folhas, destacaram-se os compostos α-pineno 14,77%, germacreno D 9,00% e germacreno B 6,25%. A atividade antifúngica apresentou inibição micelial em S. sclerotiorum em todas as concentrações avaliadas, em especial para 100 µL-1 onde apresentaram inibição de 86,4 e 81,3% e para a concentração de 50 µL-1 de 41,2 e 50,3% para galhos e folhas respectivamente. Os óleos essenciais de S. molle apresentaram bons rendimentos de extração, bem como ricos em compostos monoterpênicos e sesquiterpênicos, e grande eficácia como atividade antifúngica. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Antonio Carlos Pereira de Menezes Filho, Instituto Federal Goiano/Mestrado
Mestrando em Agroquímica pelo IFGoiano - Campus Rio Verde, GO, Brasil Biólogo pela Universidade de Rio Verde, Campus Rio Verde, GO, Brasil

Referências

ADAMS, R. P. Identification of Essential Oils Components by Gas chromatography/Mass Spectrometry. Allured Publ. Corp., Carol Stream, IL., 2007.
BONFIN, N. S.; NAKASSUGI, L. P.; OLIVEIRA, J. F. P.; KOHIYAMA, C. Y.; MOSSINI, S. A. G.; GRESPAN, R.; NERILO, S. B.; MALLMAN, C. A.; ABREU FILHO, B. A.; MACHINSKI JÚNIOR, M. Antifungal activity and Inhibition of fumonisin production by Rosmarinus officinalis L. essential oil in Fusarium verticillioides (Sacc.) Nirenberg. Food Chemistry, v.166, n.1, p. 330-336, 2015. https://doi.org/10.1016/j.foodchem.2014.06.019
CHAABAN, A.; GOMES, E. N.; RICHARDI, V. S.; MARTINS, C. E. N.; BRUM, J. S.; NARARRO-SILVA, M. A.; DESCHAMPS, C.; MOLENTO, M. B. Essential oil from Curcuma longa leaves: Can na overlooked by-product from turmeric industry be effective for myiasis control? Industrial Crops & Products, v.132, p. 352-364, 2019. https://doi.org/10.1016/j.indcrop.2019.02.030
DOS SANTOS, A. C. A.; ROSSATO, M.; SERAFINI, L. A.; BUENO, M.; CRIPPA, L. B.; SARTORI, V. C.; DELLACASSA, E.; MOYNA, P. Efeito fungicida dos óleos essenciais de Schinus molle L. e Schinus terebinthifolius Raddi, Anacardiaceae, do Rio Grande do Sul. Brazilian Journal of Pharmacognosy, v.20, n.2, p. 154-159, 2010. http://dx.doi.org/10.1590/S0102-695X2010000200003
DOS SANTOS, ROSSATO, M.; AGOSTINI, F.; DE ALMEIDA, M. L.; PAULETTI, G. F.; SERAFINI, L. A.; MOYNA, P.; DELLACASSA, E. Caracterização química de populações de Schinus molle L. do Rio Grande do Sul. Revista Brasileira de Biociências, v.5, supl.2, p. 1014-1016, 2007.
FERNANDES, E. T.; FAVERO, S. Óleo essencial de Schinus molle L. para o controle de Sitophilus zeamais Most. 1855 (Coleoptera: Curculionidae) em milho. Revista Brasileira de Agroecologia, v.9, n.1, p. 225-231, 2014.
GARCIA, R. Á.; JULIATTI, F. C.; BARBOSA, K. A. G.; CASSEMIRO, T. A. Atividade antifúngica de óleo e extratos vegetais sobre Sclerotinia sclerotiorum. Bioscience Journal, v.28, n.1, p. 48-57, 2012.
GRABICOSKI, E. M.; JACCOUD-FILHO, D. S.; HENNEBERG, L.; VRISMAN, C. M.; MARTINS NETO, M. O. Potencial inibitório de extratos de plantas para Sclerotinia sclerotiorum. In: Congresso Brasileiro de Fitopatologia/Annual Meeting of the Brazilian Phytopathological Society, 43, 43, 2010, Cuiabá. Resumo... Brasília: Brazilian Phytopathological Society, 2010. V. 5, P. 28-30.
KUMAR, V.; MATHELA, C. S.; TEWARI, G.; SINGH, D.; TEWARI, A. K.; BISHT, K.; BISHT, K. S. Chemical composition and antifungal activity of essential oils from three Himalayan erigeron species. LWT – Food Science and Technology, v.56, n.2, p. 278-283, 2014. https://doi.org/10.1016/j.lwt.2013.12.007
NIU, B.; WANG, W.; XIE, X. Advance on the control of Sclerotinia sclerotiorum. Life Science Research, v.16, n.1, p. 537-540, 2011.
POTZERNHEIN, M. C. L.; BIZZO, H. R.; VIEIRA, R. F. Análise dos óleos essenciais de três espécies de Piper coletadas na região do Distrito Federal (Cerrado) e comparação com óleos de plantas procedentes da região de Paraty, RJ (Mata Atlântica). Brazilian Journal of Pharmacognosy, v.16, n.2, p. 246-251, 2006.
BAY-HURTADO, F.; LIMA, R. A.; TEIXEIRA, L. F.; SILVA, I. do C. F.; BAY, M.; AZEVEDO, M. S.; FACUNDO, V. A. Atividade antioxidante e caracterização do óleo essencial das raízes de Piper marginatum Jacp. Ciência e Natura, v.38, n.3, p. 1504-1511, 2016.
JULIATTI, F. C.; CRATO, F. F.; JULIATTI, F. C.; COUTO, K. R.; JULIATTI, B. C. M. Escala diagramática para avaliação da severidade de mofo branco em soja. Bioscience Journal, v.29, n.3, p. 676-680, 2013.
LAOSINWATTANA, C.; WICHITTRAKARN, P.; TEERARAK, M. Chemical composition and herbicidal action of essential oil from Tagetes erecta L. leaves. Industrial Crops & Products, v.126, p. 129-134, 2018. https://doi.org/10.1016/j.indcrop.2018.10.013
PIVA, M. G. 2002. O caminho das plantas medicinais: estudo etnobotânico. Rio de Janeiro: Mondriam.
QUEIRES, L. C. S.; RODRIGUES, L. E. A. Quantificação das substâncias fenólicas totais em órgãos da aroeira Schinus terebinthifolius (Raddi). Brazilian Archives of Biology and Technology, v.41, p. 247-253, 1998. http://dx.doi.org/10.1590/S1516-89131998000200012
SILVA, E. A. J.; SILVA, V. P da.; ALVES, C. C. F.; ALVES, J. M.; SOUCHIE, E. L.; BARBOSA, L. C. A. Chemical composition of the essential oil of Psidium guajava leaves and its toxicity against Sclerotinia sclerotiorum. Semina: Ciências Agrárias, v.39, n.2, p. 865-874, 2018. http://dx.doi.org/10.5433/1679-0359.2018v39n2p865
SIMÕES, C. M. O.; SPITZER, V. Óleos voláteis. In: SIMÕES, C. M. O.; SCHENKEL, E. P.; GOSMANN, G.; MELLO, J. C. P.; MENTZ, L. A.; PETROVICK, P. R. Farmacognosia da planta ao medicamento. Porto Alegre: Editora da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2001. p. 397-426.
TLILI, N.; YAHIA, Y.; FERIANI, A.; LABIDI, A.; GHAZOUANI, L.; NASRI, N.; SAADAOUI, E.; KHALDI, A. Schinus terebinthifolius vs Schinus molle: A Comparative study of the effect of species and location on the phytochemical content of fruits. Industrial Crops & Products, v.122, p. 559-565, 2018. https://doi.org/10.1016/j.indcrop.2018.05.080
XAVIER, M. N.; ALVES, J. M.; CARNEIRO, N. S.; SOUCHIE, E. L.; SILVA, E. A. J.; MARTINS, C. H. G.; AMBROSIO, M. A. L. V.; EGEA, M. B.; ALVES, C. C. F.; MIRANDA, M. L. D. Composição química do óleo essencial de Cardiopetalum calophyllum Schltdl. (Annonaceae) e suas atividades antioxidante, antibacteriana e antifúngica. Revista Virtual de Química, v.8, n.5, 2016.
XIE, J.; XIAO, X.; FU, Y.; LIU, H.; CHENG, J.; GHABRIAL, S. A.; LI, G.; JIANG, D. A novel mycovirus closely related to hypoviruses that infects the plant pathogenic fungus Sclerotinia sclerotiorum. Virology, v.418, n.1, p. 49-56, 2011. https://doi.org/10.1016/j.virol.2011.07.008
Publicado
2020-06-03
Como Citar
Menezes Filho, A. C. P. de, & Sousa, W. C. de. (2020). COMPOSIÇÃO QUÍMICA DOS ÓLEOS ESSENCIAIS DE Schinus molle E ATIVIDADE ANTIFÚNGICA FRENTE À Sclerotinia sclerotiorum. Colloquium Agrariae. ISSN: 1809-8215, 16(3), 115-123. Recuperado de http://journal.unoeste.br/index.php/ca/article/view/3078