ATRIBUTOS QUÍMICOS DO SOLO E PRODUTIVIDADE DA SOJA APÓS CULTIVOS DE OUTONO-INVERNO

Palavras-chave: cultivares; fertilidade do solo; integração lavoura pecuária

Resumo

Cultivos antecedentes podem modificar os atributos químicos do solo e a produtividade das culturas. Objetivou-se avaliar os atributos químicos do solo e os componenetes de produtividade da soja após cultivos de outono-inverno. O experimento foi conduzido na área experimental da Embrapa Agropecuária Oeste em Dourados-MS, em Latossolo Vermelho distroférrico de textura argilosa. O delineamento experimental foi em blocos casualizados com parcelas subdivididas, com quatro repetições. Para as avaliações químicas do solo foram consideradas nas parcelas os cultivos de outono-inverno (Brachiaria ruziziensis, milho safrinha, consórcio de milho com B. ruziziensis e feijão-caupi) e as sub-parcelas as profundidades do solo (0-10; 10-20; 20-30 e 30-40 cm). Já para os componentes de produtividade da soja, considerou-se nas parcelas os cultivos de outono-inverno e as subparcelas as cultivares de soja (BRS 284 e BRS 360 RR).  O tipo de cultivo interferiu nos atributos químicos do solo que, de modo geral apresentou maiores valores de nutrientes em profundidades superficiais. O feijão-caupi, milho safrinha e B. ruziziensis proporcionaram condições para a maior produtividade da soja. A BRS 284 apresentou maior número de grãos por planta, no entanto a BRS 360 RR demonstrou ser mais produtiva.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-05-05
Como Citar
Ribeiro, L. M., de Souza, W. D., & Ceccon, G. (2020). ATRIBUTOS QUÍMICOS DO SOLO E PRODUTIVIDADE DA SOJA APÓS CULTIVOS DE OUTONO-INVERNO. Colloquium Agrariae. ISSN: 1809-8215, 16(2), 16-28. Recuperado de http://journal.unoeste.br/index.php/ca/article/view/3016