IDENTIFICAÇÃO DAS CLASSES METABÓLICAS SECUNDÁRIAS EM EXTRATOS ETANÓLICOS FOLIARES DE Byrsonima verbascifolia, Cardiopetalum calophyllum, Curatella americana E Qualea grandiflora

  • Antonio Carlos Pereira de Menezes Filho Instituto Federal Goiano/Mestrado
Palavras-chave: Propriedades fitoquímicas, folhas, extração.

Resumo

O Cerrado representa um banco fitoquímico de grande importância para a humanidade. O objetivo deste estudo foi identificar, através da prospecção fitoquímica, os principais compostos químicos presentes nos extratos foliares de B. verbascifolia, C. calophyllum, C. americana e Q. grandiflora. Neste estudo, foram coletadas folhas das espécies em área de preservação permanente (APP) no município de Rio Verde, GO. Os extratos foliares etanólicos foram avaliados quanto à presença ou não dos principais fitocompostos: ácidos orgânicos, açúcares redutores, alcalóides, antraquinonas, catequinas, cumarinas, depsídeos, depsidonas, ligações olefínicas, fenóis, flavonóides, glicosídeos cardiotônicos, polissacarídeos, purinas, saponinas e taninos. Exceto para grupos olefínicos, polissacarídicos e purínicos, foram observados resultados positivos para a maioria das classes metabólicas secundárias. A pesquisa preliminar dos extratos foliares etanólicos destas quatro espécies, possibilita uma prévia avaliação sobre suas características fitoquímicas devendo ainda ser avaliadas quanto aos seus teores e compostos majoritários para que se possam ser utilizadas como medicamentos fitoterápicos ou sintetização industrial.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Antonio Carlos Pereira de Menezes Filho, Instituto Federal Goiano/Mestrado
Mestrando em Agroquímica pelo IFGoiano - Campus Rio Verde, GO, Brasil Biólogo pela Universidade de Rio Verde, Campus Rio Verde, GO, Brasil

Referências

ANDRADE, L. R. M. Efeito das condições edáficas na disponibilidade e acumulação de alumínio e de nutrientes em plantas nativas do Cerrado. In: XI CONGRESSO BRASILEIRO DE FISIOLOGIA VEGETAL, 19., 2007, Rio Grande do Sul. Resumos [...]. Rio Grande do Sul: Brazilian Journal of Plant Physiology, 2007.

AYRES, M. C. C.; ESCÓRIO, S. P.; COSTA, D. A. da.; CHAVES, M. H.; VIEIRA JÚNIOR, G. M.; CAVALHEIRO, A. J. Constituintes químicos das folhas de Qualea grandiflora: atribuição dos dados de RMN de dois flavonóides glicosilados acilados diastereoisoméricos. Revista Química Nova, v.31, n.6, p. 1481-1484, 2008. http://dx.doi.org/10.1590/S0100-40422008000600038

BITENCOURT, A. P. R.; ALMEIDA, S. S. M. da. S. de. Estudo fitoquímico, toxicológico e microbiológico das folhas de Costus spicatus Jacq. Biota Amazônia, v.4, n.4, p. 75-79, 2014. http://dx.doi.org/10.18561/2179-5746/biotaamazonia.v4n4p75-79.

BRITO, H. O.; NORONHA, E. P.; FRANÇA, L. M.; BRITO, L. M. O.; PRADO, M. S-A. Análise da composição fitoquímica do extrato etanólico das folhas da Annona squamosa (ATA). Revista Brasileira de Farmacognosia, v.83, n.3, p. 180-184, 2008.

BUENO, M. L.; Oliveira-Filho, A. T. de.; PONTARA, V.; POTT, A.; DAMASCENO-JÚNIOR, G. A. Flora arbórea do cerrado de Mato Grosso do Sul. Revista Iheringia Série Botânica, v.73, supl., p. 53-64, 2018. https://doi.org/10.21826/2446-8231201873s53

CARMINATE, B.; CARVALHOS, C. A. de.; PACHECO, T. F.; NATALLI, V. D.; SILVA, M. B. de. Investigação antibacteriana in vitro de extratos etanólicos das folhas e cascas de Cedrela fissilis Vell. Ciência e Natura, v.36, Ed. Especial, p. 335-340, 2014. http://doi.org/10.5902/2179460X13234

CECÍLIO, A. B.; FARIA, D. B.; OLIVEIRA, P. de. C.; CALDAS, S.; OLIVEIRA, D. A.; SOBRAL, M. E. G.; DUARTE, M. G. R.; MOREIRA, C. P. de. S; SILVA, C. G.; ALMEIDA, V. L. Screening of Brazilian medicinal plants for antiviral activity against rotavirus. Journal Ethnopharmacology, v.141, p. 975-981, 2012. http://doi.org/10.1016/j.jep.2012.03.031

CORDEIRO, C. H. G.; SACRAMENTO, L. V. S. do.; CORRÊA, M. A.; PIZZOLITTO, A. C.; BAUAB, T. M. Análise farmacológica e atividade antibacteriana de extratos vegetais empregados em formulação para a higiene bucal. Brazilian Journal of Pharmaceutical Sciences, v.42, n.3, 2006.

CORRÊA, M. P. Dicionário das plantas úteis do Brasil e das exóticas cultivadas. Rio de Janeiro: Imprensa Nacional, 1984.

COSTA, M. S.; PEREIRA, M. J. B.; OLIVEIRA, S. S.; SOUZA, P. T.; DALL’OGLIO, E. V.; ALVES, T. C. Anonáceas provocam mortalidade em larvas de Aedes aegypti (Linnaeus, 1762) (Diptera: Culicidae). Brazilian Journal of Bioscience, v.11, n.2, p. 184-190, 2013.

CLEMES, S. M.; ZENI, A. L. B.; KRETZSCHMAR, M. Avaliação química de folhas de plantas medicinais nativas utilizadas no entorno do Parque da Serra do Itajaí (PNSI). Revista Brasileira de Farmacognosia, v.89, n.1, p. 10-12, 2008.

CRUZ, S. A. B. Avaliação da atividade tóxica e do perfil fitoquímico de duas espécies da família Fabaceae: Bowdichia virgilioides Kunth. e Pterodon emarginatus Vogel. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura Plena em Química) - Instituto Federal de Goiás, 2016.

CUNHA, A. P.; ROQUE, O. R. Compostos quinónicos: Antraquinonas e Naftoquinonas. In: CUNHA, A. P. (Coord.). Farmacognosia e fitoquímica. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian, 2010.

CUSHNIE. T. P.; LAMB, A. J. Antimicrobial activity of flavonoids. International Journal of Antimicrobial Agents, v.26, n.5, p. 343-356, 2005. http://doi.org/10.1016/j.ijantimicag.2005.09.002

DE BONA, A. P.; BATITUCCI, M. C. P.; ANDRADE, M. A.; RIVA, J. A. R.; PERDIGÃO, T. L. Estudo fitoquímico e análise mutagênica das folhas e inflorescências de Erythrina munlugu (Mart. ex Benth.) através do teste de micronúcleo em roedores. Revista Brasileira de Plantas Medicinais, v.14, n.2, p. 344-351, 2012. http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/7614

DAVIS, C. C.; ANDERSON, W. R. A filogenia genérico completa de Malpighiaceae inferida a partir de dados de sequências de nucleotídeos e morfologia. American Journal of Botany, v.97, n.12, p. 2031-2048, 2010.

DUARTE, J. L.; MOTA, L. J. T.; ALMEIDA, S. S. M. S. Análise fitoquímica das folhas de Tabebuia serratifolia (Vahl.) Nicholson (Ipê Amarelo). Revista Estação Científica (UNIFAP), v.4, n.1, p. 33-43, 2014.

EL-AZIZI, M. M.; ATEYA, A. M.; SVOBODA, G. H.; SCHIFF, J. R. P. L.; SLATKIIN, D. J.; KNAPP, J. E. Chemical constituints of Curatella americana (Dilleniaceae). Journal of Pharmaceutical Sciences, v.69, n.3, p. 360-361, 1980. http://doi.org/10.1002/jps.2600690333

GASPI, F. O. G.; FOGLIO, M. A.; CARVALHO, J. E.; MORENO, R. A. Pharmacological activities investigation of crude extracts and fractions from Qualea grandiflora Mart. Journal of Ethnopharmacology, v.107, n.1, p. 19-24, 2006. http://doi.org/10.1016/j.jep.2006.01.023

GODINHO, C. S.; SILVA, C. M.; MENDES, C. S. O.; FERREIRA, P. R. B.; OLIVEIRA, D. A. Estudo fitoquímico de espécies arbóreas do cerrado. Revista Multitexto, v.3, n.1, p. 64-70, 2015.

GOMES, N. M.; MARTINS, R. L.; ALMEIDA, S. S. M. da. S. de. Análise preliminar fitoquímica do extrato bruto das folhas de Nephrolepis pectinata. Revista Estação Científica (UNIFAP), v.7, n.1, p. 77-85, 2017.

GOMES, E. M. C.; PENA, R. C. M.; ALMEIDA, S. S. M. S. Composição fitoquímica e ação fungicida de extratos brutos de Cinnamomum zeylanicum sobre Quambalaria eucalypti. Biota Amazônia, v.6, n.4, p. 54-58, 2016. http://dx.doi.org/10.18561/2179-5746/biotaamazonia.v6n4p54-58

GUERRA, M. P.; NODARI, R. O. Biodiversidade: aspectos biológicos, geográficos, legais e éticos. In: SIMÕES, C. M. O. et al. Farmacognosia: da planta ao medicamento. Porto Alegre; Florianópolis: UFRGS/UFSC, 2007.

GUILHION-SIMPLICIO, F.; PEREIRA, M. M. Aspectos químicos e farmacológicos de Byrsonima (Malpighiaceae). Revista Química Nova, v.34, n.6, p. 1032-1041, 2011. http://dx.doi.org/10.1590/S0100-404222011000600021

HENRIQUES, S. V. C.; AMEIDA, S. S. M. S. Identificação do caráter medicinal da espécie Curatella americana por meio das folhas. Revista Estação Científica (UNIFAP), v.3, n.2, p. 89-97, 2013.

HIRUMA-LIMA, C. A.; SANTOS, L. C.; KUSHIMA, H.; PELLIZZON, C. H.; SILVEIRA, G. G.; CASCONCELOS, P. C. P.; VILEGAS, W.; SOUZA BRITO, A. R. M. Qualea grandiflora, a brazilian “cerrado” medicinal plant presents na important antiulcer activity. Journal of Ethnopharmacology, v.104, n. 1-2, p. 207-2014, 2006. http://doi.org/10.1016/j.jep.2005.09.002

JÚNIOR, A. R. C.; GOMES, G. A.; FERREIRA, R. O.; CARVALHO, M. G. Constituintes químicos e atividade antioxidante de folhas e galhos de Eugenia. Química Nova, v.37, n.3, p. 477-482, 2014. http://dx.doi.org/10.5935/0100-4042.20140079

KLOSS, L. C.; ALBINO, A. M.; SOUZA, R. G.; LIMA, R. A. Identificação de classes de metabólitos secundários do extrato etanólico de Piper umbellatum L. (PIPERACEAE). South American Journal of Basic Education, Technical and Technological, v.3, n.2, p. 2446-4821, 2016.

KUSTER, R. M.; ROCHA, L. M. Cumarinas, cromonas e xantonas. In: SIMÕES, C.M.O. et al. (Eds.). Farmacognosia: da planta ao medicamento. 6. ed. Porto Alegre: Editora Universidade/UFRGS, 2010.

LIMA NETO, G. A.; KAFFASHI, S.; LUIZ, W. T.; FERREIRA, W. R.; DIAS DA SILVA, Y. S. A.; PAZIN, G. V.; VIOLANTE, I. M. P. Quantificação de metabólitos secundários e avaliação da atividade antimicrobiana e antioxidante de algumas plantas selecionadas do cerrado de Mato Grosso. Revista Brasileira de Plantas Medicinais, v.17, n.4, supl. III, p. 1069-1077, 2015.

LIMA, R. A.; SILVA, A. C. Identificação das classes de metabólitos secundários no extrato etanólico dos frutos e folhas de Eugenia uniflora L. Revista Eletrônica em Gestão, Educação e Tecnologia Ambiental, v.20, n.1, p. 381-388, 2016. http://dx.doi.org/10.5902/2236117019537

LOPES, J. D. C.; MELLO-SILVA, R. Diversidade e caracterização das Annonaceae do Brasil. Revista Brasileira de Fruticultura, v.36, p. 125-131, 2014.

MACEDO, F. M. de.; MARTINS, G. T.; RODRIGUES, C. G.; OLIVEIRA, D. A. de. Triagem fitoquímica do barbatimão [Stryphnodendron adstringens (Mart) Coville]. Revista Brasileira de Biociências, v.5, supl.2, p. 1166-1168, 2007.

MENDANHA, D. M.; FERREIRA, H. D.; FELÍCIO, L. P.; SILVA, E. M.; PEREIRA, D. G.; NUNES, W. B.; CARVALHO, S. Modulatory effect of Byrsonima verbascifolia (Malpighiaceae) against damage induced by doxorubicin in somatic cells of Drosophila melanogaster. Genetic and Molecular Research, v.9, n.1, p. 69-77, 2010.

TOLEDO, C. E. M. de; SANTOS, P. R.; DE MELLO, J. C. P.; FILHO, B. P. D.; NAKAMURA, C. V.; UEDA-NAKAMURA, T. Antifungal properties of crude extracts, fractions, and purified compounds from bark of Curatella americana L. (Dilleniaceae) against Candida species. Evidence-Based Complementary and Alternative Medicine, p. 1-9, 2015. http://dx.doi.org/10.1155/2015/673962

MAMEDE, M. C. H.; SEBASTIANI, R.; ALMEIDA, R. F.; FRANCENER, A.; AMORIM, A. M. A. 2015. Malpighiaceae. In: Lista de espécies da flora do Brasil. Jardim Botânico do Rio de Janeiro. Available at http://floradobrasil.jbrj.gov.br/jabot/floradobrasil/FB155

MENDONÇA, R. C.; FELFILI, J. M.; WALTER, B. M. T.; SILVA-JÚNIOR, M. D.; REZENDE, A. V.; FILGUEIRAS, T. D. S; FAGG, C. W. Flora vascular do cerrado: checklist com 12.356 espécies. In: Cerrado: ecologia e flora. Planaltina: Embrapa, 2008. p. 417-1279.

MENEZES, A. C. P. F.; OLIVEIRA FILHO, J. G. de.; CHRISTOFOLI, M.; CASTRO, C. F. de. Atividade antioxidante, conteúdo de fenólicos totais, carotenoides e provitamina A em extratos vegetais do cerrado goiano. Revista Uniciências, v.22, n.1, p. 28-32, 2018. http://dx.doi.org/10.17921/1415-5141.2018v22n1p2832

MENEZES FILHO, A. C. P.; CASTRO, C. F. S. Classes fitoquímicas de metabólitos secundários em extratos etanólicos foliares de espécies do cerrado brasileiro. Revista Saúde e Ciência, v.8, n.1, p. 45-61, 2019.

MICHELETTI, A. C.; ADILSON, B.; LIMA, D. P. de.; HONDA, N. K.; PESSOA, C. do. Ó.; MORAES, M. O. de.; LOTUFO, L. V.; MAGALHÃES, H. I. F.; CARVALHO, N. C. P. Constituintes químicos de Parmotrema lichexanthonicum Eliasaro & Adler – Isolamento, modificações estruturais e avaliação das atividades antibiótica e citotóxica. Revista Química Nova, v.32, n.1, p. 12-20, 2009. http://dx.doi.org/10.1590/S0100-40422009000100003

MOTA, L. J. T. Estudo químico e biológico das folhas e galhos de Hyptis crenata (Pohl.) ex Benth (Lamiaceae – Lamiles). 2013. 63 f. Dissertação (Mestrado em Ciência da Saúde) - Universidade Federal do Amapá, Macapá. 2013.

MOTA, T. H. S.; SOUZA, S. R. de.; SANTOS, A. P.; CUNHA, C. R. M. da. Estudo farmacológico das folhas de Sterculia striata St. Hil. Et. Naid., coletadas em Itapuranga-GO. Revista Eletrônica Faculdade Montes Belos (FMB), v.7, n.1, p. 34-68, 2014.

MYERS, N.; MITTERMEIER, R. A.; MITTERMEIER, C. G.; FONSECA, G. A. B.; KENT, J. Biodiversity hotspots for conservation priorities. Nature, v.403, n.6772, p. 853-858, 2000. http://doi.org/10.1038/35002501

OLIVEIRA, R. M. de.; LIMA, R. A. Prospecção fitoquímica do extrato etanólico de Bauhinia forficata L. e seu potencial candicida. South American Journal of Basic Education, Technical and Technological, v.4, n.1, p. 54-65, 2017.

OLIVEIRA, C. F. de.; OLIVEIRA, V. B.; OLIVEIRA, F. F.; MIGUEL, O. G.; MIGUEL, M. D. Parâmetros de controle de qualidade de Psychotria fractistipula L. B. Sm., Klein & Delprete (Rubiaceae): umidade, cinzas e prospecção fitoquímica. Revista Visão Acadêmica, v.15, n.4, p. 17-23, 2014. http://dx.doi.org/10.5380/acd.v15i4.40032

PINHO, L. de.; SOUZA, P. N. S.; SOBRINHO, E. M.; ALMEIDA, A. C. de.; MARTINS, E. R. Atividade antimicrobiana de extratos hidroalcoólicos das folhas de alecrim-pimenta, aroeira, barbatimão, erva baleeira e do farelo da casca de pequi. Revista Ciência Rural, v.42, n.2, p. 326-331, 2012.

QUEIROZ, K. A.; SOUSA, F. F. O. Avaliação da estabilidade de gel cremoso contendo extrato de Curatella americana. In: BRITO, A. U.; DALMÁCIO, C. E. C.; SIMÕES, H. C. G. Q. (orgs.). Ciências da saúde: resultados dos projetos de iniciação científica da Universidade Federal do Amapá (2012-2016). 1. ed. Macapá: Editora da Universidade Federal do Amapá, 2017. p. 19-40.

RANDAU, K. P.; FLORÊNCIO, D. C.; FERREIRA, C. P.; XAVIER, H. S. Estudo farmacognóstico de Croton rhamnifolius H. B. K. e Croton rhamnifolioides Pax & Hoffm. (Euphorbiaceae). Revista Brasileira de Farmacognosia, v.14, n.2, p. 89-96, 2004. http://dx.doi.org/10.1590/S0102-695X2004000200001

RATES, S. M. K.; BRIDI, R. Heterosídeos cardiotônicos. In: SIMÕES, C. M. O. et al. Farmacognosia: da planta ao medicamento. 6. ed. Porto Alegre: Editora Universidade/UFRGS, 2010.

RIO DE JANEIRO. Instituto de Pesquisa Jardim Botânico. Lista de espécies da flora do Brasil. Rio de Janeiro: COPPETEC, 2019. Disponível em: floradobrasil.jbrj.gov.br. Acesso em: 4 ago. 2019.

RODRIGUES, I. M. C.; SOUZA FILHO, A. P. S.; FERREIRA, F. A. Estudo fitoquímico de Senna alata por duas metodologias. Revista Planta Daninha, v.27, n.3, p. 507-513, 2009. http://alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/658208

SALDANHA, A. A.; SOARES, A. C. Compostos químicos e aspectos botânicos, etnobotânicos e farmacológicos da Byrsonima verbascifolia Rich ex. A. Juss. Revista Brasileira de Plantas Medicinais, v.17, n.4, supl. II, p. 1000-1006, 2015.

SCHIRATO, G. V.; MONTEIRO, F. M. F.; SILVA, F. de. O.; FILHO, J. L. de. L; LEÃO, A. M. dos. A. C. Polissacarídeo do Anacardium occidentale L. na fase inflamatória do processo cicatricial de lesões cutâneas. Revista Ciência Rural, v.36, n.1, p. 149-154, 2006.

SILVA, R. M.; FARIA, M. T. Caracterização etnobotânica e histoquímica de plantas medicinais utilizadas pelos moradores do bairro carrilho, Goianésia, GO. Revista Enciclopédia Biosfera, C. Cient. Com., v.10, n.19, p. 2807-2829, 2014.

SILVA, N. L. A.; MIRANDA, F. A. A.; CONCEIÇÃO, G. M. Triagem fitoquímica de plantas de cerrado, da Área de Proteção Ambiental Municipal de Inhamum, Caxias, Maranhão. Revista Scientia Plena, v.6, n.2, p. 1-17, 2010.

SILVA, R. S. G.; PEIXOTO, J. C. Acanthaceaes do bioma cerra: identificação dos fitoquímicos das folhas da espécie Justicia thunbergioides (Lindau) Leonard (Acanthaceae) ocorrente no Parque Estadual Serra dos Pireneus, Pirenópolis, GO. FRONTEIRA Revista do Mestrado Multidisciplinar em Sociedade, Tecnologia e Meio Ambiente, v.2, n.1, p. 16-27, 2013.

SIMÕES, C. M. O. et al. Farmacognosia: da planta ao medicamento. 5. ed. Porto Alegre: UFSC, 2004.

SOARES, M. L.; REZENDE, M. H.; FERREIRA, H. D.; ECHALAR, A. D. L. F.; BUSTAMANTE, K. G. L.; BARA, M. T. F.; PAULA, J. R. de. Caracterização farmacognóstica de folhas de Davilla elliptica St.-Hil. (Dilleniaceae). Revista Brasileira de Farmacognosia, v.15, n.4, p. 352-360, 2005. http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/16044

VERDI, L. G.; BRIGHENTE, I. M. C.; PIZZOLATTI, M. G. Gênero Baccharis (Asteraceae): aspectos químicos, econômicos e biológicos. Revista Química Nova, v.28, n.1, p. 85-94, 2005. http://dx.doi.org/10.1590/S0100-40422005000100017

VILA VERDE, G. M.; PAULA, J. R.; CARNEIRO, D. M. Levantamento etnobotânico das plantas medicinais do Cerrado utilizadas pela população de Mossâmedes (GO). Revista Brasileira de Farmacognosia, v.13, n.1, p. 64-66, 2003. http://dx.doi.org/10.1590/S0102-695X2003000300024

VIZZOTTO, M.; KROLOW, A. C.; WEBER, G. E. B. Metabólitos secundários encontrados em plantas e sua importância. Pelotas: Embrapa, 2010. 16 p. (Embrapa Clima Temperado. Documentos, 316).

XAVIER, M. N.; ALVES, C. C. F.; CAZAL, C. de. M.; SANTOS, N. H. Chemical composition of the volatile oil of Cardiopetalum calophyllum collected in the Cerrado area. Ciência Rural, v.46, n.5, p. 937-942, 2016. http://dx.doi.org/10.1590/0103-8478cr20150371

ZAPPI, D. C.; FILARDI, F. L. R.; LEITMAN, P.; SOUZA, V. C.; WALTER, B. M. T.; PIRANI, J. R. Growing knowledge: an overview of seed plant diversity in Brazil. Rodriguesia, v.66, n.4, p.1085-1113, 2015.

http://10.1590/2175-7860201566411

Publicado
2019-08-12
Como Citar
Menezes Filho, A. C. P. de. (2019). IDENTIFICAÇÃO DAS CLASSES METABÓLICAS SECUNDÁRIAS EM EXTRATOS ETANÓLICOS FOLIARES DE Byrsonima verbascifolia, Cardiopetalum calophyllum, Curatella americana E Qualea grandiflora. Colloquium Agrariae. ISSN: 1809-8215, 15(4), 39-50. Recuperado de http://journal.unoeste.br/index.php/ca/article/view/2923