CRESCIMENTO DE ERYTHRINA VELUTINA WILLD. SUBMETIDA A ESTRESSE SALINO E APLICAÇÃO DE ÁCIDO SALICÍLICO

  • Maria de Fátima de Queiroz Lopes Universidade Federal da Paraíba
  • Toshik Iarley da Silva Universidade Federal de Viçosa
  • Jackson Silva Nóbrega Universidade Federal da Paraíba http://orcid.org/0000-0002-9538-163X
  • Ronimeire Torres da Silva Universidade Federal da Paraíba
  • Francisco Romário Andrade Figueiredo Universidade Federal Rural do Semi-Árido
  • Riselane de Lucena Alcântara Bruno Universidade Federal da Paraíba
Palavras-chave: espécie florestal, fitohôrmonio, produção de mudas, salinidade

Resumo

Erythrina velutina é uma espécie endêmica da região Nordeste do Brasil, conhecida por exibir propriedades farmacológicas e potencial madeireiro. Entretanto, seu crescimento pode ser comprometido por fatores abióticos como escassez hídrica e excesso de sais. A utilização de reguladores de crescimento como o ácido salicílico está entre os métodos usados para mitigar os efeitos negativos de estresse nos vegetais. Com isso, objetivou-se avaliar o crescimento de mudas de Erythrina velutina submetida ao estresse salino e aplicação de ácido salicílico. O delineamento utilizado foi em blocos casualizados, em esquema fatorial incompleto 5 x 5, gerados a partir da matriz Composto Central de Box com cinco níveis de condutividade elétrica da água de irrigação (CEa= 0,5; 1,74; 4,75; 7,76 e 9,0 dS m-1) e cinco doses de ácido salicílico (AS= 0,0; 0,29; 1,0; 1,71 e 2,0 mM L-1), com quatro repetições. Foram avaliadas as variáveis: altura da planta, número de folhas, diâmetro do caule, taxa de crescimento relativo e absoluto da altura e diâmetro do caule, massa seca de raiz, do caule, da parte aérea e total e o índice da qualidade de Dickson. Os dados foram submetidos à análise de variância pelo teste F, nos casos de significância foi realizada análise de regressão polinomial. A salinidade promove sérios danos ao crescimento das plantas de Erythrina velutina, sendo mais acentuado nos níveis crescentes de condutividade elétrica. A aplicação de ácido salicílico nas concentrações utilizadas não atenua os efeitos da salinidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria de Fátima de Queiroz Lopes, Universidade Federal da Paraíba

Doutoranda do programa de Pós-Graduação em Agronomia, Centro de Ciências Agrárias, Universidade Federal da Paraíba

Toshik Iarley da Silva, Universidade Federal de Viçosa

Doutorando do programa de Pós-Graduação em Fitotecnia, Universidade Federal de Viçosa

Jackson Silva Nóbrega, Universidade Federal da Paraíba

Doutorando do programa de Pós-Graduação em Agronomia, Centro de Ciências Agrárias, Universidade Federal da Paraíba

Ronimeire Torres da Silva, Universidade Federal da Paraíba

Doutoranda do programa de Pós-Graduação em Agronomia, Centro de Ciências Agrárias, Universidade Federal da Paraíba

Francisco Romário Andrade Figueiredo, Universidade Federal Rural do Semi-Árido

Doutorando do programa de Pós-Graduaão em Fitotecnia, Universidade Federal Rural do Semi-Árido.

Riselane de Lucena Alcântara Bruno, Universidade Federal da Paraíba

Professora Dra. do programa de Pós-Graduação em Agronomia Centro de Ciências Agrárias, Universidade Federal da Paraíba

Referências

BENINCASA, M. M. P. Análise de crescimento de plantas: noções básicas. Jaboticabal: FUNEP, 2003. 42 p.

BRITO, C.; DINIS, L. T.; MEIJÓN, M.; FERREIRA, H.; PINTO, G.; MOUTINHO-PEREIRA, J.; CORREIA, C. Salicylic acid modulates olive tree physiological and growth responses to drought and rewatering events in a dose dependent manner. Journal of Plant Physiology, v.230, p. 21-32, 2018. https://doi.org/10.1016/j.jplph.2018.08.004

CAVALCANTE, L. F.; VIEIRA, M. S.; SANTOS, A. F.; OLIVEIRA, W. M.; NASCIMENTO, J. A. M. Água salina e esterco bovino líquido na formação de mudas de goiabeira cultivar Paluma. Revista Brasileira de Fruticultura, v.32, n.1, p. 251-261, 2010. http://dx.doi.org/10.1590/S0100-29452010005000037

CODY, R. An introduction to SAS university edition. North Carolina: SAS Institute, 2015.

CONFORTO, E. C.; FACINEANI, A.; LIMA, C. S.; NANYA, L. H.; TRALLI, M. P.; LIMA, N. M. M.; NISHIMURA, R. Y. G.; ANDREOLI, R. P. Germinação de sementes e desenvolvimento inicial de Erythrina mulungu (Mart. ex. Benth). Revista Agrarian, v.7, n.24, p. 197-204, 2014.

DAS, K.; DANG, R. Influence of biofertilizers on stevioside content in Stevia rebaudiana grown in acidic soil condition. Archives of Applied Science Research, v.2, n.4, p. 44-49, 2010.

DICKSON, A.; LEAF, A. L.; HOSNER, J. F. Quallity appraisal of white spruce and white pine seedling stock in nurseries. Foresty Chonicle, v.36, p. 10-13, 1960. https://doi.org/10.5558/tfc36010-1

EL-ESAWI, M. A.; ELANSARY, H. O.; EL-SHANHOREY, N. A.; ABDEL-HAMID, A. M. E.; ALI, H. M.; ELSHIKH, M. S. Salicylic acid-regulated antioxidant mechanisms and gene expression enhance rosemary performance under saline conditions. Frontiers in Physiology, v.8, n.716, p. 1-14, 2017. https://doi.org/10.3389/fphys.2017.00716

EVELIN H.; GIRI, B.; KAPOOR R. Contribution of glomus intraradices inoculation to nutriente acquisition andd mitigation of ionic imbalance in NaCl- stressed Trigonella foenum-graecum. Mycorrhiza, v.22, n.3, p. 203-207, 2012. https://doi.org/0.1007/s00572-011-0392-0

FREITAS, R. M. O.; NOGUEIRA, N. W.; OLIVEIRA, F. N.; COSTA, E. M.; RIBEIRO, M. C. C. Efeito da irrigação com água salina na emergência e crescimento inicial de plântulas de Jucá. Revista Caatinga, v.23, n.3, p. 54-58, 2010.

GIL, L. S. S.; TUJELA N. Reactive oxygen species and antioxidant machinery in abiotic stress tolerance in crop plants. Plant Physiology and Biochemistry, v.48, n.12, p. 909-930, 2010. https://doi.org/10.1016/j.plaphy.2010.08.016

GUIMARÃES, I. P.; OLIVEIRA. F. N.; VIEIRA, F. E. R.; TORRES, S. B. Efeito da salinidade da água de irrigação na emergência e crescimento inicial de plântulas de mulungu. Revista Brasileira de Ciências Agrárias, v.8, n.1, p. 137-142, 2013. https://doi.org/10.5039/agraria.v8i1a2360

HAYAT, Q.; HAYAT, S.; IRFAN, M. AHMADB, A. Effect of exogenous salicylic acid under changing environment: a review. Environmental and Experimental Botany, v.68, p. 14–25, 2010. https://doi.org/10.1016/j.envexpbot.2009.08.005

LEAL, C. C. P.; DANTAS, N. B. L.; TORRES, S. B.; VALE, A. A. M.; FREITAS, R. M. O. Initial development of Combretum leprosum Mart. seedlings irrigated with saline water of different cationic natures. Revista Ciência Agronômica, v.50, n.2, p. 300-306, 2019. https://doi.org/10.5935/1806-6690.20190035

LI, T.; HU, Y.; DU, X.; TANG, H.; SHEN, C.; WU, J. Salicylic acid alleviates the adverse effects of salt stress in Torreya grandis cv. Merrillii seedlings by activating photosynthesis and enhancing antioxidant systems. PLoS ONE, v.9, n.10, p. 1-9, 2014. https://doi.org/10.1371/journal.pone.0109492

MACHADO, R. J. A.; MONTEIRO, N. K. V.; MIGLIOLO, L.; SILVA, O. N.; PINTO, M. F.; OLIVEIRA, A. S.; FRANCO, O. L.; KIYOTA, S.; BEMQUERER, M. P.; UCHOA, A. F.; MORAIS, A. H. A.; SANTOS, E. A. Characterization and pharmacological properties of a novel multifunctional kunitz inhibitor from Erythrina velutina seeds. PLoS ONE, v.8, n.5, p. 1-14, 2013. https://doi.org/10.1371/journal.pone.0063571

MATEUS, N. B.; BARBIN, D.; CONAGIN, A. Viabilidade de uso do delineamento composto central. Acta Scientiarum, v.23, n.6, p. 1537-1546, 2001. http://dx.doi.org/10.4025/actascitechnol.v23i0.2795

MAZZUCHELLI, E. H. L.; SOUZA, G. M.; PACHECO, A. M. Rustificação de mudas de eucalipto via aplicação de ácido salicílico. Pesquisa Agropecuária Tropical, v.44, n.4, p. 443-450, 2014. https://doi.org/10.1590/S1983-40632014000400012

METHENNI, K.; ABDALLAH, M. B.; NOUAIRI, I.; SMAOUI, A.; ZARROUK, M.; YOUSSEF, N. B. Salicylic acid and calcium pretreatments alleviate the toxic effect of salinity in the Oueslati olive variety. Scientia Horticulturae, v. 233, p. 349-358, 2018. https://doi.org/10.1016/j.scienta.2018.01.060

MUNNS, R., GILLIHAM, M. Salinity tolerance of crops - what is the cost? New Phytologst, v.208, n.3, p. 668-673, 2015. https://doi.org/10.1111/nph.13519

NOBRE, R. G.; LIMA, G. S.; GHEYI, H. R.; LOURENÇO, G. S.; SOARES, L. A. A. Emergência, crescimento e produção da mamoneira sob estresse salino e adubação nitrogenada. Revista Ciência Agronômica, v.44, n.1, p. 76-85, 2013. https://doi.org/10.1590/S1806-66902013000100010

PODEROSO, J. C. M.; RIBEIRO, G. T; NÁVIA, D.; PASSOS, E. M.; GONÇALVES, G. B.; CORREIA-OLIVEIRA, M. E.; DANTAS, P. C. Primeiro registro no Brasil de Erythrina velutina Willd. como hospedeira de Tetranychus neocaledonicus (Acari: Tetranychidae). Revista Brasileira de Plantas Medicinais, v.12, n. 3, p. 398-40, 2010. http://dx.doi.org/10.1590/S1516-05722010000300017

QUEIROZ, J. E.; GONÇALVES, A. C. A.; SOLTO, J. S.; FOLEGATTI, M. Avaliação e monitoramento da salinidade do solo. In: GHEYI, R. H.; DIAS, N. S.; LACERDA, C. F. Manejo da salinidade na agricultura: estudos básicos e aplicados. Fortaleza: INCT, 2010. p. 63-82.

RODRIGUES, A. J. O.; NUNES, R. L. R.; NUNES, A. M. C.; UCHÔA, K. S. A. Efeito da adubação silicatada no cultivo de tomateiro sob estresse salino. Agropecuária Científica no Semiárido, v.14, n.2, p. 141-148, 2018. http://dx.doi.org/10.30969/acsa.v14i2.977

SANTOS, L. W.; COELHO, M. F. B.; MAIA, S. S. S.; SILVA, R. C. P.; CÂNDIDO, W. S.; SILVA, A. C. Armazenamento e métodos para a superação da dormência de sementes de mulungu. Semina: Ciências Agrárias, v.34, n.1, p. 171-178, 2013. https://dx.doi.org/10.5433/1679-0359.2013v34n1p171

SILVA, D. S. B. S.; BARBOZA, B.; GARCIA, A. C. F. S.; OLIVEIRA, B.; ESTEVAM, C. S.; NETO, A. V.; SANTOS, A. L. L. M.; DIAS, A. S.; SCHER, R. R.; PANTALEAO, S. M. Investigation of protective effects of Erythrina velutina extract against MMS induced damages in the root meristem cells of Allium cepa. Revista Brasileira de farmacognosia, v.23, n.2, p. 273-278, 2013. http://dx.doi.org/10.1590/S0102-695X2013005000006

SILVA, T. I.; NÓBREGA, J. S.; FIGUEIREDO, F. R. A.; SOUSA, L. V.; RIBEIRO, J. E. S.; BRUNO, R. L. A.; DIAS, T. J.; ALBUQUERQUE, M. B. Ocimum basilicum L. seeds quality as submitted to saline stress and salicylic acid. Journal of Agricultural Science, v.10, n.5, p. 159-166, 2018. https://doi.org/10.5539 / jas.v10n5p159

TAIZ, L.; ZEIGER, E.; MØLLER, I. M.; MURPHY, A. Fisiologia e Desenvolvimento Vegetal. 6. ed. Porto Alegre: Artmed, 2017. 858 p.

TESTER, M.; DAVENPORT, R. Na+ tolerance and Na+ transport in higher plants. Annals of Botany, v.91, n.5, p. 503-527, 2003. https://doi.org/10.1093 / aob / mcg058

Publicado
2019-08-13
Como Citar
Lopes, M. de F. de Q., da Silva, T. I., Nóbrega, J. S., da Silva, R. T., Figueiredo, F. R. A., & Bruno, R. de L. A. (2019). CRESCIMENTO DE ERYTHRINA VELUTINA WILLD. SUBMETIDA A ESTRESSE SALINO E APLICAÇÃO DE ÁCIDO SALICÍLICO. Colloquium Agrariae. ISSN: 1809-8215, 15(4), 31-38. Recuperado de http://journal.unoeste.br/index.php/ca/article/view/2831