SATURAÇÃO POR BASES NA INTEGRAÇÃO LAVOURA-PECUÁRIA COM CULTIVO DE MILHO NOS DOIS PRIMEIROS ANOS

  • Arismar Ribeiro Brito IFMT - Câmpus Confresa/ Engenheiro Agrônomo
  • Henildo Sousa Pereira Uiversidade Estadual de Mato Grosso -UNEMAT Campus Alta Floresta
  • Elizeu Luiz Brachtvogel IFMT - Câmpus Confresa/ Professor Doutor em Agronomia
Palavras-chave: braquiária, correção da acidez do solo, recuperação de pastagens, Zea mays L.

Resumo

A maioria das pastagens no Cerrado encontram-se com algum grau de degradação. A estratégia de introduzir a cultura do milho em consórcio com capim na recuperação das pastagens é uma alternativa viável. Mas como os solos do Cerrado são ácidos, para que essa técnica seja viável, dentre tantos outros fatores, um dos principais é conhecer qual o nível de saturação por bases para o milho em consórcio. Assim, o objetivo deste estudo foi avaliar níveis de saturação por bases na cultura do milho, consorciado ou não com Brachiaria brizantha cv. Marandu. O delineamento experimental foi o de blocos ao acaso, com quatro repetições, dispostos em esquema fatorial 4x2, sendo: quatro níveis de saturação por bases do solo (25% “controle: sem calcário”, 45, 60 e 75%) e duas formas de cultivo (consorciado e solteiro). No primeiro ano de avaliação não houve diferença para nenhum dos fatores testados. No segundo ano, as formas de cultivo também não diferiram, já os níveis de saturação influenciaram a cultura do milho, onde no cultivo consorciado os níveis de saturação por bases próximas de 56 e 53%, apresentaram maiores valores para altura de planta e altura de inserção de espiga, respectivamente. A produtividade do milho em cultivo solteiro, foi maior na saturação por base aproximadamente 47%, já para o consorciado a máxima produtividade foi obtida na saturação próxima a 65%. O consórcio com capim Marandu não interferiram na produtividade do milho. O milho não respondeu a aplicação de calcário no mesmo ano de cultivo. As saturações por bases que resultaram em maiores produtividades foram próximas de 50 e 65% para cultivo solteiro e consorciado, respectivamente.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Henildo Sousa Pereira, Uiversidade Estadual de Mato Grosso -UNEMAT Campus Alta Floresta

Engenheiro Agrônomo /IFMT Câmpus Confresa

Mestre em Agroecossistemas /UNEMAT-Campus Alta Floresta. Laboratório de Solos e plantas

Doutorando em Agronomia (Produção Vegetal)/ UNESP Câmpus de Jaboticabal. Departamento de Solos e Adubos.

 

Elizeu Luiz Brachtvogel, IFMT - Câmpus Confresa/ Professor Doutor em Agronomia

Engenheiro Agrônomo/ Universidade Estadual do Oeste do Paraná. 

Mestre em Agronomia (Agricultura)/ UNESP - CÂmpus de Botucatu.

Doutor em Agronomia (Agricultura)/ UNESP - CÂmpus de Botucatu.

 

Referências

ABIEC. Perfil da Pecuária no Brasil – Relatório Anual 2018. Disponível em: http://abiec.siteoficial.ws/images/upload/sumario-pt-010217.pdf

ALVARENGA, R. C.; COBUCCI, T.; KLUTHCOUSKI, J.; WRUCK, F. J.; CRUZ, J. C.; GONTIJO NETO, M. M. A Cultura do Milho na integração Lavoura-Pecuária. In: CRUZ, J. C.; KARAM, D.; MONTEIRO, M. A. R.; MAGALHÃES, P. C. (Ed.). A Cultura do Milho. Embrapa Milho e Sorgo, 2008. p. 491-517.

ALVES, V. B.; CECCON, G.; LEITE, L. F. Morfologia e produtividade de híbridos de milho safrinha solteiro e consorciado com braquiária. Revista Brasileira de Milho e Sorgo, v. 12, n. 2, p. 152-163, 2013. http://dx.doi.org/10.18512/1980-6477/rbms.v12n2p152-163

BRASIL. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Regras para análise de sementes. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Secretaria de Defesa Agropecuária. Brasília: MAPA/ACS, 2009. 395p.

BRACHTVOGEL, E. L.; BRITO, A. R.; CABRAL, A. S.; SOUSA, A. D. R.; PEREIRA, H. S. CRUZ, S. C. S. Desempenho de Brachiaria brizantha cv. Marandu em Diferentes Níveis de Saturação por Bases no Sistema de Integração Lavoura-Pecuária “Santa Fé”. In: FERTIBIO, 2012, Maceió. Anais [...]. 2012.

CALONEGO, J.; MORA, V.; SANTOS, C.; OLIVEIRA, L. Calagem e silicatagem em solo incubado com diferentes umidades. Colloquium Agrariae, v.8, n.2, p.46-56, 2012. https://doi.org/10.5747/ca.2012.v08.n2.a078

CARVALHO, W. T. V.; MINIGHIN, D. C.; GONÇALVES, L. C.; VILLANOVA, D. F. Q.; MAURICIO, R. M.; PEREIRA, R. V. G. Pastagens degradadas e técnicas de recuperação: Revisão. Pubvetv, v.11, n.10, p.1036-1045, 2017. http://dx.doi.org/10.22256/pubvet.v11n10.1036-1045

CASTRO, A. M. C.; ALMEIDA, Y. F. R.; ARLANCH, A. B.; BAPTISTA, J. P. Tempo de reação de calcário e gesso no desenvolvimento da planta de milho. Cultivando o saber, v.6, n.3, p.10-25, 2013a.

CASTRO, A. M. C.; RUPPENTHAL, V; RANDO, E. M.; MARCHIONE, M. S.; GOMES, C. J. A. Calcário e gesso no desenvolvimento do milho cultivado em um Latossolo Vermelho Amarelo distrófico. Cultivando o Saber, v.6, n.1, p.8-16, 2013b.

CRUSCIOL, C. A. C.; SORATTO, R. P.; BORGHI, E.; MATEUS, G. Benefits of integrating crops and tropical pastures as systems of production. Better Crops International, v. 94, n. 2, p. 14-16, 2010.

CRUSCIOL, C. A. C.; MATEUS, G. P.; PARIZ, C. M. BORGHI, E.; COSTA, C.; SILVEIRA, J. P. F. Nutrição e produtividade de híbridos de sorgo granífero de ciclos contrastantes consorciados com capim-marandu. Pesquisa agropecuária brasileira, v.46, n.10, p.1234-1240, 2011. http://dx.doi.org/10.1590/S0100-204X2011001000017

DIAS-FILHO, M. B. Degradação de pastagens: o que é e como evitar. Brasília: Embrapa, 2017. 19p. Disponível em: https://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/bitstream/doc/1070416/1/TC1117CartilhaPastagemV04.pdf

DIAS-FILHO, M. B. Diagnóstico das pastagens no Brasil. Belém, PA: Embrapa Amazônia Oriental, 2014. 36 p. (Documentos, 402). Disponível em: https://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/bitstream/doc/986147/1/DOC402.pdf.

DUARTE, A. P.; KURIHARA, C. H.; CANTARELLA, H. Adubação do Milho Safrinha em Consórcio com Braquiária. In: CECCON, G. Consórcio Milho-Braquiária. Brasília: Embrapa, 2013. p. 113-141.

EMBRAPA. Centro Nacional de Pesquisa de Solos. Sistema brasileiro de classificação de solos. 3. ed. Embrapa Solos. Rio de Janeiro, 2013. 353 p.

FAGERIA, N. K. Efeito da calagem na produção de arroz, feijão, milho e soja em solo de Cerrado. Pesquisa Agropecuária Brasileira, v. 36, n. 11, p. 1419-1424, 2001. http://dx.doi.org/10.1590/S0100-204X2001001100013

FERREIRA, D. F. Sisvar: a computer statistical analysis system. Ciência e agrotecnologia, v. 35, n.6, p.1039-1042, 2011. http://dx.doi.org/10.1590/S1413-70542011000600001

FIGUEIREDO, C.C.; BARBOSA, D. V.; OLIVEIRA, S. A.; FAGIOLI, M.; SATO, J. H. Adubo fosfatado revestido com polímero e calagem na produção e parâmetros morfológicos de milho. Revista Ciência Agronômica, v. 43, n. 3, p. 446-452, 2012. http://dx.doi.org/10.1590/S1806-66902012000300005

FONSECA, I. C.; CECCON, G.; ALVES, V. B.; PADILHA, N. S.; LEITE, L. F. Produtividade de milho safrinha, solteiro e consorciado com Brachiaria ruziziensis em Dourados, MS. In: SEMINÁRIO NACIONAL DE MILHO SAFRINHA, 9., 2011, Lucas do Rio Verde. Anais [...]. Fundação Rio Verde: ABMS, 2011. P. 211-218. Disponível em: http://ainfo.cnptia.embrapa.br/digital/bitstream/item/50256/1/211-Produtividade.pdf

GIMENES, M. J.; VICTORIA FILHO, R.; PRADO, E. P.; POGETTO, M. H. F. A.; CHRISTOVAM, R. S. Interferência de espécies forrageiras em consórcio com a cultura do milho. Revista da FZVA, v.15, n.2, p. 61-76, 2008.

GONÇALVES, F. A. R.; XAVIER, F. O.; SILVA, R. R.; AQUINO, L. A.; CARVALHO, A. M. X.; NOVAIS, R. F. Influência da saturação por bases do solo sobre a disponibilidade e absorção de zinco. Cultura Agronômica, v.27, n.2, p.262-272, 2018.

GONTIJO NETO, M. M.; BORGHI, E.; RESENDE, A. V.; ALVARENGA, R. C. Benefícios e desafios da integração lavoura-pecuária na melhoria da qualidade dos solos do Cerrado. Informações Agronômicas, Piracicaba, n. 161, p. 9-21, 2018. Disponível em: http://www.ipni.net/publication/ia-brasil.nsf/issue/ia-brasil-2018-161

IBGE. Censo agropecuário. 2017. Rio de Janeiro, 2017. p.1-108. Disponível em: https://biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/periodicos/3093/agro_2017_resultados_preliminares.pdf

JAKELAITIS, A.; SILVA, A. A.; SILVA, A. F.; SILVA, L. L.; FERREIRA, L. R.; VIVIAN, R. Efeitos de herbicidas no controle de plantas daninhas, crescimento e produção de milho e Brachiaria brizantha em consórcio. Pesquisa Agropecuária Tropical, v. 36, n. 1, p. 53-60, 2006.

KAPPES, C.; ANDRADE, J. A. C.; ARF, O.; OLIVEIRA, A. C.; ARF, M. V.; FERREIRA, J. P. Desempenho de híbridos de milho em diferentes arranjos espaciais de plantas. Bragantia, v.70, n.2, p.334-343, 2011. http://dx.doi.org/10.1590/S0006-87052011000200012

LOPES, H. R.; NETO, O. G. Benefícios da adoção da integração lavoura-pecuária. Cadernos de Pós-Graduação da FAZU, v.2, 2011. Disponível em: http://www.fazu.br/ojs/index.php/posfazu/article/viewFile/434/326

MACEDO, M. C. M. M. Integração lavoura e pecuária: o estado da arte e inovações tecnológicas. Revista Brasileira de Zootecnia, Viçosa, v.38, Supl. Esp., p.133-146, 2009. http://dx.doi.org/10.1590/S1516-35982009001300015

QUEIROZ, R. F.; CHIODEROLI, C. A.; FURLANI, C. E. A.; HOLANDA, H. V.; ZERBATO, C. Maize intercropped with Urochloa ruziziensis under no-tillage system. Pesquisa Agropecuária Tropical, v.46, n.3, p.238-244, 2016. http://dx.doi.org/10.1590/1983-40632016v4640464

RAIJ, B. V.; ANDRADE, J. C.; CANTARELLA, M.; QUAGGIO, J. A. Análise química para avaliação da fertilidade de solos tropicais. Campinas: Instituto Agronômico de Campinas, 2001. 285 p.

RAIJ, B. V.; CANTARELLA, H.; QUAGGIO, J.A.; FURLANI, A.M.C. (Ed.) Recomendações de adubação e calagem para o Estado de São Paulo. 2. ed. Campinas: IAC, 1997. 285p. (Boletim Técnico, 100).

SANS, L.M.A.; SANTANA, D.P. Cultivo do milho: clima e solo. Embrapa Milho e Sorgo. 2002. Comunicado técnico, 38. Disponível em: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/486999

SILVA, D. V.; PEREIRA, G. A. M; FREITAS, M. A. M.; SILVA, A. A.; SEDIYAMA, T.; SILVA, G. S.; FERREIRA, L. R.; CECON, P. R. Produtividade e teor de nutrientes do milho em consórcio com braquiária. Ciência Rural, v.45, n.8, p.1394-1400, 2015. http://dx.doi.org/10.1590/0103-8478cr20140760

SILVA, M. G. O.; FREITAS, F. C. L.; MESQUITA, H. C.; NASCIMENTO, P. G. M. L. RODRIGUES, A. P. M. S.; SANTANA, F. A. O. Rendimento de grãos de cultivares de milho em consórcio com Brachiaria brizantha. Agropecuária Científica no Semiárido, v.7, n.1, p.23-29, 2011.

SILVA, R. O.; BARIONI, L. G.; HALL, J. A. J.; MORETTI, A. C.; VELOSO, R. F.; ALEXANDER, P. CRESPOLINI, M.; MORAN, D. Sustainable intensification of Brazilian livestock production through optimized pasture restoration. Agricultural Systems, v.153, p.201-211, 2017. https://doi.org/10.1016/j.agsy.2017.02.001

SOUSA, D. M. G.; LOBATO, E. Cerrado: Correção do Solo e Adubação. 2. ed. Embrapa Informação Tecnológica, 2004. 416 p.

SOUSA, D. M. G.; MIRANDA, L. N.; OLIVEIRA, S. A. Acidez do solo e sua correção. In: NOVAIS, R. F.; ALVAREZ V., V. H.; BARROS, N. F.; FONTES, R. L. F.; CANTARUTTI, R. B.; NEVES, J. C. L. Fertilidade do solo. Viçosa, MG: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo, 2007. p. 205-274.

TROGELLO, E.; MODOLO, A. J.; CARNIELETTO, R.; KOLLING, E. M.; SCARSI, M.; SGARBOSSA, M. Desenvolvimento inicial e produtividade da cultura do milho no sistema de integração lavoura-pecuária. Revista Ceres, v.59, n.2, p.286-291, 2012. http://dx.doi.org/10.1590/S0034-737X2012000200019

TSUJIGUSHI, B. P.; KURIHARA, C. H.; CARVALHO, L. A. Calagem, gessagem e manejo da adubação em milho safrinha consorciado com Brachiaria ruziziensis. In: Seminário nacional de milho safrinha, 12., 2013, Dourados. Anais [...]. Brasília, DF: Embrapa, 2013. 1 Cd-rom.

VELOSO, C. A. V.; SILVA, A. R.; CARVALHO, E. J. M.; SLVEIRA FILHO, A. Produção de grãos de milho sob manejo da adubação fosfatada em latossolo amarelo distrófico no Oeste Paraense. Belém, PA: Embrapa Amazônia Oriental, 2016.

Publicado
2019-06-06
Como Citar
Brito, A. R., Pereira, H. S., & Brachtvogel, E. L. (2019). SATURAÇÃO POR BASES NA INTEGRAÇÃO LAVOURA-PECUÁRIA COM CULTIVO DE MILHO NOS DOIS PRIMEIROS ANOS. Colloquium Agrariae. ISSN: 1809-8215, 15(3), 58-68. Recuperado de http://journal.unoeste.br/index.php/ca/article/view/2555