GIBERELINA E SUBSTRATOS NA PRODUÇÃO E QUALIDADE DE MUDAS DE ARAÇAZEIROS AMARELO E VERMELHO (Psidium cattleyanum Sabine)

Autores

  • Alexandre Hack Porto UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ - UTFPR - CAMPUS PATO BRANCO
  • Américo Wagner Júnior UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ - UTFPR - CAMPUS DOIS VIZINHOS
  • Carlos Kosera Neto UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ - UTFPR - CAMPUS PATO BRANCO
  • Marciéli da Silva UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ - UTFPR - CAMPUS PATO BRANCO
  • Alberto Ricardo Stefeni UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ - UTFPR - CAMPUS DOIS VIZINHOS
  • Kamila Cristina Fabiane UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ - UTFPR - CAMPUS PATO BRANCO

Palavras-chave:

Bioestimulante, Propagação, Myrtaceae, Araça

Resumo

Na região Sul do país as fruteiras têm papel importante para exploração econômica. Destacando a família Myrtaceae, com o araçazeiro. Porém, pouco se conhece sobre a espécie, tornando-se necessários mais estudos principalmente quanto à propagação para futura inserção no sistema de produção agrícola da região Sudoeste do Paraná. Bem como, para abastecer o mercado que carece desses produtos. Com isso, o trabalho objetivou avaliar o crescimento e desenvolvimento de mudas dos araçazeiros amarelo e vermelho em diferentes substratos com aplicação exógena de giberelina. O experimento foi conduzido na Universidade Tecnológica Federal do Paraná Câmpus Dois Vizinhos em casa de vegetação. O delineamento experimental utilizado foi inteiramente casualizado, no fatorial 3x4 (substrato, concentração de GA3), com quatro repetições de 20 plantas por unidade experimental. Foram analisadas variáveis destrutíveis e não destrutíveis de crescimento e o Índice de Qualidade de mudas de Dickson. Os dados foram submetidos a análise de variância, teste de Duncan e análise de regressão, utilizando o aplicativo computacional estatístico Sanest®. As concentrações de GA3 e os tipos de substratos influenciaram o desenvolvimento de mudas de araçazeiros. Concluindo-se que assim o uso do substrato (S3) associado ao bioestimulante giberelina é recomendado para a produção de mudas de araçazeiro amarelo e vermelho.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Alexandre Hack Porto, UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ - UTFPR - CAMPUS PATO BRANCO

Engenheiro Florestal, Mestrando Agronomia, UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ.

Américo Wagner Júnior, UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ - UTFPR - CAMPUS DOIS VIZINHOS

Professor, Dr. em agronomia, área fisiologia Vegetal e fitotecnia.

Carlos Kosera Neto, UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ - UTFPR - CAMPUS PATO BRANCO

Engenheiro Agrônomo, Doutorando em Agronomia, UTFPR - Pato Branco

Marciéli da Silva, UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ - UTFPR - CAMPUS PATO BRANCO

Engenheira Florestal, Doutoranda em Agronomia, UTFPR - Pato Branco

Alberto Ricardo Stefeni, UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ - UTFPR - CAMPUS DOIS VIZINHOS

Engenheiro Agrônomo, Mestrando em Agroecossistemas, UTFPR - Dois Vizinhos

Kamila Cristina Fabiane, UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ - UTFPR - CAMPUS PATO BRANCO

Engenheiro Agrônomo, Mestrando em Agronomia, UTFPR - Pato Branco

Publicado

2018-05-04

Como Citar

Porto, A. H., Wagner Júnior, A., Kosera Neto, C., Silva, M. da, Stefeni, A. R., & Fabiane, K. C. (2018). GIBERELINA E SUBSTRATOS NA PRODUÇÃO E QUALIDADE DE MUDAS DE ARAÇAZEIROS AMARELO E VERMELHO (Psidium cattleyanum Sabine). Colloquium Agrariae. ISSN: 1809-8215, 14(1), 35-48. Recuperado de http://journal.unoeste.br/index.php/ca/article/view/2010

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##