OVINOCULTURA LEITEIRA NO BRASIL: ASPECTOS E FATORES RELACIONADOS À COMPOSIÇÃO, AO CONSUMO E À LEGISLAÇÃO

Autores

  • Ivandre Antonio Merlin Junior Unopar Universidade Norte do Paraná
  • Renan Grecco Costa Unopar Universidade Norte do Paraná
  • Ligia Grecco Costa Unopar Universidade Norte do Paraná
  • Agostinho Ludovico Unopar Universidade Norte do Paraná
  • Fabiola Cristiane de Almeida Rego Unopar. Universidade Norte do Paraná
  • Lina Casale Aragon-Alegro Universidade Norte do Paraná
  • Elsa Helena Walter de Santana Unopar Universidade Norte do Paraná

Palavras-chave:

características, físico-químico, leite de ovelha, microbiologia, parâmetros.

Resumo

Ao longo dos últimos anos a ovinocultura leiteira vem ganhando espaço no mercado internacional e nacional brasileiro. Sua exploração mostra-se bastante vantajosa e rentável, visto que, o leite de ovelha carrega consigo características tecnológicas importantes para a indústria de alimentos. Seu elevado potencial de ser transformado em derivados lácteos, que agregam alta qualidade nutricional, atrai investidores e consumidores. As altas concentrações de sólidos totais presentes no leite de ovelha permitem a formulação de queijos, iogurtes e manteigas, de rentabilidade superior a de outras espécies. Fatores como a raça, a alimentação, a estação do ano, o estágio de lactação e o estado sanitário são variáveis que influenciam diretamente na composição do leite de ovelha. No Brasil, ainda não existe legislação específica para controle da qualidade do leite de ovinos, o que demonstra a necessidade de sua criação. São poucos os estudos brasileiros que caracterizam a composição e qualidade do leite de ovelha produzido no Brasil, sendo assim, importante o estudo das suas características e fatores que determinam sua composição. Este trabalho tem como objetivo projetar um delineamento da ovinocultura leiteira brasileira, com enfoque nos aspectos da legislação, da composição e da qualidade do leite.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ivandre Antonio Merlin Junior, Unopar Universidade Norte do Paraná

Mestre em Ciência e Tecnologia do Leite e Derivados. Universidade Norte do Paraná

Renan Grecco Costa, Unopar Universidade Norte do Paraná

Discente do curso de Biomedicina. Unopar Universidade Norte do Paraná

Ligia Grecco Costa, Unopar Universidade Norte do Paraná

Discente do curso de Biomedicina. Unopar Universidade Norte do Paraná

Agostinho Ludovico, Unopar Universidade Norte do Paraná

Docente do Mestrado em Ciência e Tecnologia do Leite e Derivados. Universidade Norte do Paraná

Fabiola Cristiane de Almeida Rego, Unopar. Universidade Norte do Paraná

Docente do Mestrado em Saúde e Produção de Ruminantes. Universidade Norte do Paraná

Lina Casale Aragon-Alegro, Universidade Norte do Paraná

Docente do Mestrado em Ciência e Tecnologia do Leite e Derivados. Universidade Norte do Paraná

Elsa Helena Walter de Santana, Unopar Universidade Norte do Paraná

Docente do Mestrado em Ciência e Tecnologia do Leite e Derivados. Universidade Norte do Paraná

Downloads

Publicado

2016-08-31

Como Citar

Merlin Junior, I. A., Costa, R. G., Costa, L. G., Ludovico, A., Rego, F. C. de A., Aragon-Alegro, L. C., & Santana, E. H. W. de. (2016). OVINOCULTURA LEITEIRA NO BRASIL: ASPECTOS E FATORES RELACIONADOS À COMPOSIÇÃO, AO CONSUMO E À LEGISLAÇÃO. Colloquium Agrariae. ISSN: 1809-8215, 11(2), 38–53. Recuperado de http://journal.unoeste.br/index.php/ca/article/view/1053

Edição

Seção

Revisão Bibliográfica